PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Argentina encara a lanterna Venezuela pelas Eliminatórias

Na quinta posição das Eliminatórias Sul-Americanas, a Argentina estaria na repescagem para a Copa do Mundo neste momento. Para sair desta situação, os argentinos terão confronto teoricamente tranquilo, pois encaram a lanterna Venezuela, em Buenos Aires. O técnico Jorge Sampaoli espera fazer valer o mando de campo e a fragilidade do adversário para melhorar os [?]

20:30 | 04/09/2017

Na quinta posição das Eliminatórias Sul-Americanas, a Argentina estaria na repescagem para a Copa do Mundo neste momento. Para sair desta situação, os argentinos terão confronto teoricamente tranquilo, pois encaram a lanterna Venezuela, em Buenos Aires.

O técnico Jorge Sampaoli espera fazer valer o mando de campo e a fragilidade do adversário para melhorar os números da Argentina. O pensamento do treinador não é só em vencer, mas golear para aumentar o saldo de gols e número de gols marcados, já visando um possível empate de pontos no fim das Eliminatórias.

Por conta disso, os hermanos devem ir a campo com três alterações. Na zaga, Mascherano será titular na vaga de Mercado, suspenso. Já no meio, Sampaoli vai fazer duas alterações, mas por ordem técnica. Banega e Acosta entram nos lugares de Pizarro e Acuña, respectivamente.

Um triunfo pode fazer a Argentina terminar esta rodada das Eliminatórias na vice-liderança. Para isso, os comandados de Sampaoli vão ter que torcer por derrotas de Colômbia, Uruguai e Chile.

Já na Venezuela, que não tem mais chances de ir para o Mundial, o técnico Rafael Dudamel levou 29 jogadores para a Argentina. O treinador quer dar experiência aos jovens que foram fizeram boa campanha no Mundial sub-20 deste ano, quando foram vice-campeões.

FICHA TÉCNICA

ARGENTINA X VENEZUELA

Local: Monumental de Nuñez, em Buenos Aires (Argentina)

Data: 5 de setembro de 2017, terça-feira

Hora: 20h30 (horário de Brasília)

Árbitro: Roberto Tobar (Chile)

Assistentes: Marcelo Barraza e Claudio Rios (ambos do Chile)

ARGENTINA: Romero; Mascherano, Fazio e Otamendi; Acosta, Biglia, Banega e Di María; Messi, Dybala e Icardi

Técnico: Jorge Sampaoli

VENEZUELA: Wuilker Faríñez; Victor Garcia, Chancellor e Villanueva; Arquímides Figuera, Yangel Herrera, Sergio Cordova e Machis; Josef Martívez e Rondón

Técnico: Rafael Dudamel

Gazeta Esportiva

TAGS