PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Após confusão, Neymar e Cavani tiveram que ser separados por T. Silva nos vestiários

Logo após a partida contra o Lyon, Neymar deixou de seguir o craque uruguaio no Instagram

19:45 | 18/09/2017
NULL
NULL (Foto: )
[FOTO1] O clima entre Neymar e Edinson Cavani pode não ter sido nada amistoso após a disputa por bolas paradas no último domingo. De acordo com o jornal francês L’Equipe, depois da vitória de 2 a 0 do Paris Saint-Germain sobre o Olympique Lyonnais, o brasileiro e o uruguaio se desentenderam já nos vestiários, quase chegaram a trocar agressões físicas e tiveram que ser separados pelo capitão Thiago Silva.
 
O suposto desentendimento entre os atacantes do Paris teria acontecido após os dois terem protagonizado algumas rusgas dentro de campo. A primeira, em cobrança de falta, terminou com Daniel Alves não deixando que Cavani ficasse com a bola e a entregando para Neymar. Já a segunda, em penalidade, acabou com o camisa 9 desperdiçando depois de proibir que o companheiro cobrasse.
 
Conforme o L’Equipe, a briga nos vestiários começou com Cavani cobrando Neymar, dizendo que não gostou das discussões com a bola em campo. O craque brasileiro teria se estressado, exigindo a intervenção do compatriota Thiago Silva.
 
Mesmo com a notícia apontada pelo tabloide, tanto o técnico do PSG quanto o centroavante uruguaio fizeram questão de minimizar os rumores. Unai Emery preferiu minimizar a polêmica, apesar de avisar que interviria, caso necessário, enquanto Cavani apontou que as histórias sobre o desentendimento com o brasileiro foram inventadas.
 
“Essas são coisas criadas. Não sei por que criam essas histórias. Na verdade, acho que às vezes são questões normais, coisas que acontecem no futebol”, disse o camisa 9″, avaliou o artilheiro da Seleção do Uruguai.
Gazeta Press
TAGS