Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Adquirindo ritmo, Sidão atinge maior sequência no gol do São Paulo

Adquirindo maior ritmo sob o comando do técnico Dorival Júnior, o goleiro Sidão completou, no Majestoso do último domingo, cinco jogos consecutivos como titular da meta são-paulina. É a sua maior sequência de partidas no clube, com o qual tem vínculo até dezembro de 2018. Contratado no fim de 2016 a pedido de Rogério Ceni, [?]
17:15 | Set. 25, 2017
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Adquirindo maior ritmo sob o comando do técnico Dorival Júnior, o goleiro Sidão completou, no Majestoso do último domingo, cinco jogos consecutivos como titular da meta são-paulina. É a sua maior sequência de partidas no clube, com o qual tem vínculo até dezembro de 2018.

Contratado no fim de 2016 a pedido de Rogério Ceni, o arqueiro de 34 anos começou a temporada como titular, após ter sido o herói do título da Copa Flórida, em que se destacou na disputa por pênaltis contra River Plate e Corinthians.

Em função de um rodízio de goleiros implantado por Ceni, Sidão foi poupado em partidas do Campeonato Paulista e Copa do Brasil. Sua maior série de jogos seguidos havia ocorrido no torneio estadual, sendo titular contra Ponte Preta, Santos, Mirassol e São Bento.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A sequência foi interrompida quando Denis ganhou oportunidade diante do Novorizontino, confronto que antecedeu ao duelo com o PSTC-PR, pela segunda fase da Copa do Brasil. Após enfrentar os paranaenses e depois o Santo André, Sidão teve uma lombalgia detectada, que o manteve no departamento médico por mais de 30 dias.

Já recuperado da lesão, o camisa 12 amargou mais de cinco meses de inatividade, até ganhar uma chance com Dorival Júnior, que estava insatisfeito com Renan Ribeiro. Em 20 de agosto, pegou no gol contra o Avaí e quase foi vilão ao errar ao menos quatro reposições de bola. No fim, a partida terminou empatada por 1 a 1.

Depois de sua reestreia, Sidão voltou a ser instável na derrota por 4 a 2 para o Palmeiras, mas não comprometeu no empate por 2 a 2 com a Ponte Preta. No triunfo por 2 a 1 sobre o Vitória, fez a sua melhor apresentação ao realizar boas defesas. Contra o Corinthians, não falhou no gol de empate, que foi muito lamentado, já que manteve o Tricolor no 17º lugar do Campeonato Brasileiro, com 28 pontos ganhos, ainda ocupando a zona de rebaixamento.

?Na verdade, perdemos dois pontos. Poderíamos somar três com a vitória, mas acabou escapando. Mas é isso, agora é seguir lutando e evoluindo para sair dessa situação o quanto antes?, disse Sidão à Spfc Tv, ao sair do gramado do Morumbi.

Ao todo, Sidão acumula 14 partidas pelo São Paulo. Para a posição, o clube ainda conta com Renan Ribeiro, Denis e Lucas Perri. A diretoria, no entanto, deve trazer outro goleiro para 2018, já que não deve renovar com Denis, cujo contrato termina em dezembro, e ainda estuda a prorrogação do vínculo com Renan.

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags