PUBLICIDADE
Futebol

À espera de Romero, Corinthians ensaia time ideal para o clássico

O Corinthians enfim voltará a contar com a sua formação considerada ideal. Na manhã desta quinta-feira, a três dias do clássico contra o Santos, a equipe treinou no gramado do CT Joaquim Grava com quase todos os seus titulares. A exceção foi o atacante paraguaio Ángel Romero. Assim como o goleiro Cássio, o lateral direito [?]

13:00 | 07/09/2017

O Corinthians enfim voltará a contar com a sua formação considerada ideal. Na manhã desta quinta-feira, a três dias do clássico contra o Santos, a equipe treinou no gramado do CT Joaquim Grava com quase todos os seus titulares. A exceção foi o atacante paraguaio Ángel Romero.

Assim como o goleiro Cássio, o lateral direito Fagner e o zagueiro Balbuena, Romero esteve à disposição do seu país nas duas últimas rodadas das Eliminatórias para a Copa do Mundo. Como entrou em campo, ao contrário dos seus companheiros, realizou apenas fortalecimento muscular ao se reapresentar ao Corinthians, nas dependências internas do CT.

O substituto de Romero na atividade tática que o técnico Fábio Carille comandou em campo foi Clayson. Entre os reservas, estavam: Walter; Léo Príncipe (Mantuan), Warian, Pedro Henrique e Marciel; Paulo Roberto, Fellipe Bastos, Giovanni Augusto Camacho e Moisés (Carlinhos); Kazim. Já o jovem meia Rodrigo Figueiredo exerceu a função de curinga, atuando pelas duas equipes.

Na tarde de sexta-feira, Carille provavelmente poderá ensaiar o Corinthians com a presença de Romero. Assim, ele mandará o seguinte time à Vila Belmiro, no clássico de domingo: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon, Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô.

Nesta manhã, Arana, recuperado de lesão muscular na coxa esquerda, trabalhou sem limitações físicas outra vez ? e o seu reserva imediato passou mesmo a ser Marciel, já que o contestado Moisés treinou como um ponta, avançado. Balbuena, que tinha contusão na coxa direita, também provou estar bem.

Já o goleiro Cássio, preocupado em manter a forma após voltar da Seleção Brasileira, dedicou-se a corridas no gramado mesmo quando a maioria dos seus companheiros havia se recolhido ao vestiário. ?Só depois do treino?, avisou, ao ouvir um pedido por um autógrafo de um torcedor que acompanhava a movimentação. Até o contestado meia Giovanni Augusto, naquele momento, já era assediado, ganhando presentes de uma fã.

Enquanto Cássio corria, o centroavante Carlinhos aproveitava para exercitar cobranças de falta. Por sua vez, o inglês naturalizado turco Kazim, concorrente de posição do prata da casa, brincava de bater bola com o filho Caio Antônio, que assistira a todo o treinamento do Corinthians de perto durante o feriado da Independência do Brasil.

Gazeta Esportiva

TAGS