PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Técnico do Atlético-PR explica opções do ataque em meio ao jejum do time

Após a derrota deste domingo para o Flamengo por 2 a 0, o Atlético-PR chegou a dois jogos consecutivos sem marcar gol. O técnico Fabiano Soares foi muito questionado depois da partida sobre as escolhas para o ataque, especialmente sobre a ausência de Lucas Fernandes, que vinha sendo opção na equipe, mas não joga há [?]

16:15 | 28/08/2017

Após a derrota deste domingo para o Flamengo por 2 a 0, o Atlético-PR chegou a dois jogos consecutivos sem marcar gol. O técnico Fabiano Soares foi muito questionado depois da partida sobre as escolhas para o ataque, especialmente sobre a ausência de Lucas Fernandes, que vinha sendo opção na equipe, mas não joga há duas rodadas.

?Se eu fosse adivinho, jogava na Euromilhão. Eles corresponderam, tiveram situações de gol, trabalharam. Eu não tenho certeza que o Lucas faria o gol. Se eu fosse adivinho, jogaria na Euromilhão, ganharia e solucionaria meus problemas?, defendeu Soares.

O treinador ainda comentou sobre a situação de Felipe Gedoz, que não joga há cinco rodadas. Ele fez questão de elogiar o meia-atacante, mas disse que o jogador ainda não está apto para jogar: ?É um jogador a mais. Quando achar que está apto, vai jogar, é um jogador que me encanta?.

Com a pausa no Campeonato Brasileiro, o Atlético-PR terá duas semanas para trabalhar. O time já voltou a treinar nesta segunda-feira, visando o próximo compromisso da equipe que será o clássico contra o Coritiba, no dia 10 de setembro, na Arena da Baixada.

Gazeta Esportiva

TAGS