PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Técnico da Itália afirma que única opção é ganhar da Espanha

Brigando para garantir vaga direta na Copa do Mundo, a Itália irá enfrentar a Espanha no dia 2 de setembro pelas Eliminatórias. Em entrevista coletiva, o treinador Gian Piero Ventura declarou que ?não há dúvidas? de que sua equipe a campo para ganhar a partida e que a única opção para garantir uma vaga no [?]

15:30 | 28/08/2017

Brigando para garantir vaga direta na Copa do Mundo, a Itália irá enfrentar a Espanha no dia 2 de setembro pelas Eliminatórias. Em entrevista coletiva, o treinador Gian Piero Ventura declarou que ?não há dúvidas? de que sua equipe a campo para ganhar a partida e que a única opção para garantir uma vaga no Mundial, que será realizado na Rússia, é conseguir uma vaga direta.

Além disso, o comandante da seleção italiana comentou que gosta de encarar uma situação em que é necessária a vitória. Ele também se mostrou animado com a oportunidade de quebrar um tabu, já que Azzurra não vence em solo espanhol desde 1948.

?Temos que ir para ganhar, só temos um resultado, não há dúvidas em relação a isso. Também é evidente que a última vez que ganhamos na Espanha fazem aproximadamente 70 anos. Direi a verdade: estou animado. Eu gostaria de ter o resultado à minha disposição, mas ter apenas uma opção é ainda mais estimulante?, declarou Ventura.

A necessidade da vitória existe porque a La Roja lidera o grupo G das Eliminatórias Europeias com 16 pontos, mesma pontuação da Itália, e apenas a primeira seleção de cada grupo avança diretamente para a Copa do Mundo. A Fúria lidera por ter saldo de gols melhor (18 contra 14). Os outros oito melhores segundo colocados disputam a repescagem. Além disso, só faltam quatro rodadas para o fim das Eliminatórias e este é o único confronto direto entre as equipes.

Gian Piero Ventura ainda revelou que poderá escalar sua equipe em um 4-2-4 no jogo no Santiago Bernabéu, entretanto ele lembrou que o futebol é dinâmico e o sistema tático pode alterar durante os confrontos. ?As últimas partidas me deram convicção nos jogadores de que podemos jogar como fizemos recentemente (4-2-4). Mas também é verdade que começamos a trabalhar com a formação usada na Eurocopa (3-5-2). Treinamos sempre nas duas formações porque temos que saber mudar durante a partida?.

Gazeta Esportiva

TAGS