PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Presidente do Lyon critica PSG após contratação de Neymar

Mesmo após a contratação de Neymar pelo PSG já ter se encerrado nos últimos dias, muitas equipes e pessoas ligadas ao esporte ainda comentam sobre a contratação mais cara da história do futebol. Dessa vez, quem falou foi o presidente do Lyon, Jean-Michel Aulas, umas das equipes que rivalizam com os parisienses na busca pelo título [?]

17:48 | 08/08/2017

Mesmo após a contratação de Neymar pelo PSG já ter se encerrado nos últimos dias, muitas equipes e pessoas ligadas ao esporte ainda comentam sobre a contratação mais cara da história do futebol. Dessa vez, quem falou foi o presidente do Lyon, Jean-Michel Aulas, umas das equipes que rivalizam com os parisienses na busca pelo título do Campeonato Francês.

Durante uma entrevista feita à revista France Football, o dirigente afirmou que a negociação envolvendo o craque brasileiro pode afetar o fair play financeiro, ainda mais se o Paris Saint-Germain continuar contratando jogadores por valores astronômicos. ?Contra investidores como o Catar, que gera enormes investimentos ligados à produção de gás, não podemos lutar?, informou o presidente do Lyon, que comentou que a ?operação Neymar? custará ao PSG mais de 1 bilhão de euros em cinco anos.

Aulas, que faz parte do Comitê Executivo da Federação Francesa de Futebol (FFF), também disse que a contratação de Neymar vai dificultar a gestão não só do Campeonato Francês, mas principalmente do PSG. Segundo ele, o clube deve ter um orçamento próximo dos 700 milhões de euros, e o valor de 222 milhões de euros (aproximadamente R$ 820 milhões) gastos para adquirir o atacante vão atrapalhar o equilíbrio econômico do time parisiense, que mesmo antes, já tinha problemas quanto a isso.

Para este ano, o objetivo do Lyon é ir além do que foi na temporada 2016/2017. O time foi quarto colocado no Campeonato Francês, exatamente 20 pontos atrás do Paris Saint-Germain, segundo colocado na edição passada. O ápice dos Les Gones não faz muito tempo, mas que ainda deixa saudades aos seus torcedores. Entre 2002 e 2008, a equipe ganhou os setes campeonatos nacionais que disputou no período e, desde então, não levantou mais o principal troféu da França.

Gazeta Esportiva

TAGS