PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Presidente do Lyon acha muito difícil competir contra Neymar

Após os inúmeros elogios que Neymar recebeu pela ótima atuação na vitória do PSG por 6 a 2 contra o Toulouse, foi a vez de um dos rivais do brasileiro admirar o futebol apresentado pelo craque no último domingo. Logo após o fim da partida, o presidente do Lyon, Jean Michel Aulas, disse estar impressionado com [?]

20:02 | 21/08/2017

Após os inúmeros elogios que Neymar recebeu pela ótima atuação na vitória do PSG por 6 a 2 contra o Toulouse, foi a vez de um dos rivais do brasileiro admirar o futebol apresentado pelo craque no último domingo. Logo após o fim da partida, o presidente do Lyon, Jean Michel Aulas, disse estar impressionado com o que fez o atacante, mas aproveitou para lamentar que será quase impossível evitar que o clube parisiense conquiste o campeonato, já que tem um dos melhores jogadores do mundo no elenco.

?Que jogo do Neymar no PSG. Inquietante para o resto das equipas da Ligue 1. Vai ser difícil pensar numa competição equilibrada entre os times?, afirmou o dirigente. Para ele, a partida foi decidida pelo craque brasileiro e que será o diferencial para o PSG ganhar os principais confrontos na temporada.

A fala de Aulas ganhou destaque internacional, já que há pouco tempo o presidente criticou a vinda de Neymar ao futebol francês, principalmente pelo preço gasto pelo clube parisiense. ?Todo mundo, especialmente os grandes clubes europeus, imaginam que há um excesso pela forma como os eventos aconteceram, ou seja, sem o acordo original com o clube, é uma forma de distorção. Isso sugere que não foi uma transferência, mas uma assinatura para que o jogador colete essa soma de dinheiro excessivamente grande?, afirmou o dirigente.

Tanto o Lyon como o Paris Saint-Germain estão invictos no Campeonato Francês, e estão entre os favoritos para conquistar o principal torneio do país na edição 2017/2018. No entanto, mesmo com a soberania do clube parisiense nos últimos anos, os Les Gones ainda têm mais títulos da competição do que os rivais, situação esta que pode mudar caso Neymar ajude o clube a voltar a ganhar o troféu nacional e, com isso, ambos ficariam com sete troféus cada.

 

Gazeta Esportiva

TAGS