PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Mateus Vital elogia Zé Ricardo e sonha com primeiro gol

O Vasco segue trabalhando sob o comando de Zé Ricardo visando a volta do Campeonato Brasileiro. Com tempo para treinar a equipe antes do duelo contra o Grêmio, o novo treinador vem ganhando elogios dos jogadores. O jovem Mateus Vital foi mais um a rasgar elogios ao novo técnico cruzmaltino. ?Está sendo bom, pois ele [?]

18:45 | 30/08/2017

O Vasco segue trabalhando sob o comando de Zé Ricardo visando a volta do Campeonato Brasileiro. Com tempo para treinar a equipe antes do duelo contra o Grêmio, o novo treinador vem ganhando elogios dos jogadores. O jovem Mateus Vital foi mais um a rasgar elogios ao novo técnico cruzmaltino.

?Está sendo bom, pois ele gosta muito de trabalhar, fazer atividades com bola. Nós gostamos disso. Esses primeiros dois treinos foram ótimos?, disse.

Mateus Vital ganhou espaço no elenco neste Campeonato Brasileiro. Contra o Fluminense, o próprio meia afirmou que foi seu melhor desempenho na temporada. No entanto, o vascaíno não escondeu a vontade de marcar seu primeiro gol pelos profissionais.

?O que falta é o gol. Tenho que chegar mais na área para finalizar. É isso que tenho colocado na minha cabeça. Jogando ao lado de jogadores experientes posso pegar um pouco de cada um e isso vai ajudar meu amadurecimento?, declarou.

O jovem jogador ressaltou que mesmo com a vontade de marcar, seu pensamento é de ajudar o Vasco a melhorar na Série A. Mateus Vital destacou que todos os treinos realizados até o momento por Zé Ricardo está sendo destinado ao confronto contra os gaúchos. ?Depois do jogo contra o Fluminense o pensamento já é todo no Grêmio. Todos os treinos são pensados de acordo com o Grêmio?, finalizou.

Para esta partida, que será em São Januário, mas com portões fechados, Zé Ricardo tem desfalques certos. O lateral direito Gilberto, lesionado, além do volante Jean, suspenso, estão fora. Outro que vai demorar a retornar ao time é o atacante Luís Fabiano, que operou o joelho nesta quarta-feira e deve voltar aos gramados em seis semanas.

Gazeta Esportiva

TAGS