PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Livre de ?peso gostoso?, Corinthians já espera fazer história novamente

Pela terceira vez no ano, o Corinthians se reapresentou no CT Joaquim Grava após uma derrota. O treinamento para quem participou do tropeço por 1 a 0 diante do Vitória, no sábado, em Itaquera, foi tão leve quanto está o ambiente no líder do Campeonato Brasileiro. Agora, também sem a pressão de precisar defender a [?]

14:49 | 21/08/2017

Pela terceira vez no ano, o Corinthians se reapresentou no CT Joaquim Grava após uma derrota. O treinamento para quem participou do tropeço por 1 a 0 diante do Vitória, no sábado, em Itaquera, foi tão leve quanto está o ambiente no líder do Campeonato Brasileiro. Agora, também sem a pressão de precisar defender a longeva invencibilidade, que durou 34 partidas.

?Era um peso gostoso de carregar?, sorriu o volante Gabriel, o incumbido de conceder entrevista na fria e chuvosa manhã desta segunda-feira. ?Realmente, não lembrávamos como era voltar aqui depois de perder. Só que nada como um dia após o outro. Continuamos líderes do campeonato, isolados, e estamos prontos para fazer história novamente?, projetou.

A história recente construída pelo Corinthians, campeão paulista no primeiro semestre, foi alvo de reconhecimento dos seus torcedores. Após a derrota em casa para o antepenúltimo colocado da competição nacional, os jogadores foram bastante aplaudidos. Afinal, passaram cinco meses sem perder.

?A meta sempre foi ser campeão, mas também é bom entrar para a história. Foi isso que fizemos, apesar da derrota. É algo a ser exaltado e lembrado eternamente?, valorizou Gabriel, que, mesmo vindo do rival Palmeiras, identificou-se rapidamente com os corintianos. ?A reação da torcida foi maravilhosa. Depois do jogo, o canto foi mais forte ainda. Isso nos dá força para continuar a almejar o título, que é o objetivo maior.?

Com 47 pontos ganhos, o Corinthians segue com grandes chances de atingir o seu maior objetivo ? mais precisamente, 85%, de acordo com o cálculo do matemático Tristão Garcia. Neste fim de semana, o líder comemorou um empate em casa do segundo colocado Grêmio com o Atlético-PR, por 1 a 1, e ainda tem um jogo a menos em relação aos concorrentes. Enfrentará a Chapecoense, em compromisso adiado da 20ª rodada, na quarta-feira, na Arena Condá.

?A nossa equipe irá se fortalecer ainda mais com a derrota. Não estávamos habituados com isso, mas somos seres humanos. Sabemos que a rodada também nos favoreceu, com tropeços de outros times que almejam o título. Só que não vamos contar com isso. Na quarta-feira, teremos a oportunidade de abrir 10 pontos do segundo colocado. Vamos encarar como uma decisão?, avisou Gabriel.

Para o jogo decisivo contra a Chapecoense, o Corinthians não terá o zagueiro paraguaio Balbuena, suspenso e em recuperação após se queixar de dores diante do Vitória. O substituto será o prata da casa Léo Santos. Outro que acusou desgaste muscular foi o lateral esquerdo Guilherme Arana. Se ele não puder atuar, o contestado Moisés ganhará mais uma oportunidade de mostrar serviço.

Gazeta Esportiva

TAGS