PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Feliz com retorno, Cássio diz estar pronto para agarrar a chance

Convocado pela primeira vez pelo técnico Tite, o goleiro Cássio participou do primeiro treino do Brasil em Porto Alegre, nesta terça-feira, e conversou com a imprensa após a atividade. O jogador do Corinthians se disse feliz por retornar à Seleção Brasileira e destacou que ele precisa ficar sempre preparado para aproveitar as oportunidades que surgirem. [?]

19:15 | 28/08/2017

Convocado pela primeira vez pelo técnico Tite, o goleiro Cássio participou do primeiro treino do Brasil em Porto Alegre, nesta terça-feira, e conversou com a imprensa após a atividade. O jogador do Corinthians se disse feliz por retornar à Seleção Brasileira e destacou que ele precisa ficar sempre preparado para aproveitar as oportunidades que surgirem.

?Estou feliz de voltar e poder representar meu país?, disse o atleta de 30 anos antes de falar o que é preciso para continuar na equipe. ?Acho que sendo regular no clube, você pode ser chamado. Ao ser convocado, você fica no banco e tem chances de ser escalado. Então é jogar bem no time e estar pronto. Tem que estar sempre preparado. Na minha carreira, muitas vezes estive preparado e agarrei a chance. Se precisar, estarei pronto?, completou Cássio, que ganhou a titularidade no Corinthians em 2012, quando foi fundamental na conquista da Libertadores e do Mundial de Clubes, após falha de Júlio César na partida contra a Ponte Preta, que resultou na eliminação nas quartas de final do Campeonato Paulista .

Além disso, o camisa 12 do Timão afirmou que não pensa em desbancar Alisson, que vem sendo o titular. ?Não penso dessa maneira de desbancar alguém. Tenho que fazer o meu trabalho e estou focado em ajudar. Quero mostrar o meu trabalho para me manter entre os convocados. O grupo é muito legal e me recebeu bem?.

Ao ser questionado sobre a disputa pela última vaga de goleiro para a Copa do Mundo, Cássio lembrou que o Brasil conta com muitos jogadores de qualidade na posição. Ele também afirmou que está mais experiente do que em sua última passagem pela Seleção.

?Tem muitos goleiros de qualidade que estão sendo convocados. Quando vai para a Seleção tem que jogar bem. É difícil de falar (quem está concorrendo pela vaga) porque tem até o ano que vem (para uma decisão ser tomada). O Tite pode te responder melhor. Tem cinco, seis goleiros ou até mais que podem estar aqui. Eu tenho que jogar bem e depois aproveitar quando estiver aqui?.

?Acho que é trabalhar, fazer o meu trabalho e fazer o melhor no treino. Estou mais experiente do que naquela oportunidade. Hoje me sinto mais preparado. Agora é fazer o meu melhor para contribuir, seja nos treinos, fora de campo ou jogando?, declarou. ?(Jogar bem no meu clube) cabe a mim e ano passado fui muito criticado (por ter falhado). Isso me fez evoluir como pessoa e atleta?.

Gazeta Esportiva

TAGS