PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Empresário diz que pai de Neymar pediu cláusula de solidariedade ao Santos

11:49 | 04/08/2017
NULL (Foto: )
NULL (Foto: )

[FOTO1] Neymar finalmente foi apresentado ao Paris Saint-Germain nesta manhã de sexta-feira. Após a entrevista coletiva em que o jogador afirmou que foi a decisão mais difícil de sua vida, o empresário Wagner Ribeiro deu uma garantia importante aos torcedores e clube que formou o futebol do brasileiro, o Santos. Segundo Ribeiro, o Barcelona vai pagar a cláusula de solidariedade ao time da baixada a pedido do pai do craque.

“Estava numa reunião agora há pouco no salão nobre e Neymar Pai e sua esposa Nadine estavam falando com o Nasser (dono do PSG). Neymar pediu para que o PSG pague a solidariedade ao Santos, para que não seja constatado que foi paga a cláusula, porque quando se paga a cláusula, não se paga a solidariedade. Ele vai pagar (a solidariedade) a pedido da família”, disse em entrevista ao canal Fox Sports.

O pagamento desta cláusula empaca em uma série de questões, uma vez que precisa ser provado que o jogador permaneceu por um longo tempo na base do Santos. Além disso, o Paris Saint-Germain poderia abrir mão de dirigir esta quantia ao time paulista, mas, a pedido do pai do jogador, Nasser deve pagar até 4% do valor da rescisão, que custou 222 milhões de euros (aproximadamente R$810 milhões), ao Santos.Este valor equivale ao período dos 11 aos 21 anos defendendo as cores do Alvinegro.


Com o anúncio oficial e o jogador devidamente apresentado, Neymar deve estrear com a equipe do PSG no Campeonato Francês, já neste sábado. O torneio tem início nesta sexta, com a partida entre Monaco e Toulosse, às 15h45 (de Brasília). O Paris joga no dia seguinte, ao meio dia (de Brasília), no Parque dos Príncipes, contra o Amiens.

Gazeta Press

TAGS