PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Em meio a imbróglio, Pablo reencontra a Fiel após 50 dias

Zagueiro não joga em Itaquera desde o dia 8 de julho

11:30 | 26/08/2017

O zagueiro Pablo volta a atuar diante da torcida do Corinthians pela primeira vez desde o já longínquo duelo contra o Botafogo, no dia 8 de julho, quando ainda era apontado como peça fundamental na defesa e prioridade de compra da diretoria para este ano. Quase 50 dias depois, ele se reencontra com a Fiel na noite deste sábado, às 19h (de Brasília), na partida frente ao Atlético-GO, em meio a um imbróglio envolvendo seu empresário e a diretoria, cercado de incerteza sobre sua permanência no Alvinegro em 2018.

Confirmado como titular no treinamento da tarde de sexta-feira, no CT Joaquim Grava, Pablo teve sua contratação praticamente oficializada no mês passado, quando o Timão acertou com o Bordeaux-FRA a compra dos seus direitos econômicos em uma manobra que envolveria 15% dos direitos do atacante Malcom mais 1,2 milhão de euros (R$ 4,5 milhões).

Dias depois, porém, quando estava prestes a assinar contrato, viu seu empresário, Fernando César, suspender as negociações, reclamando que o clube do Parque São Jorge não queria pagar o que havia sido acordado previamente. O problema e, principalmente, a revelação pública de tudo isso deixou os diretores corintianos bastante insatisfeitos, motivando a ida das tratativas para o ?fim da fila? na prioridade da cúpula.

Alheio à negociação, até demais na visão de membros do clube, que gostariam de ver uma participação mais decisiva do atleta na hora de acertar as diferenças, Pablo sofreu uma fisgada na coxa esquerda no jogo seguinte ao triunfo sobre o Fogão, o Derby contra o Palmeiras, no Palestra Itália. Depois disso, foi poupado contra o Atlético-PR e voltou contra o Avaí, na Ressacada, mas ficou só mais dez minutos em campo, saindo por um estiramento muscular na coxa direita.

Como os dois duelos em que entrou foram realizados longe de Itaquera, essa será a primeira vez que ele vai saber a forma com a qual os torcedores receberam os insucessos recentes na tentativa de extensão do seu vínculo de empréstimo, que acaba em dezembro. Para o técnico Fábio Carille, isso dificilmente vai afetar a atuação do camisa 3.

?Não me preocupa, o Pablo tem uma cabeça muito boa, essa negociação se arrasta há uns três meses, já jogou com isso. Ele está tranquilo e isso não vai atrapalhar, não?, avaliou Carille, que confia no retorno do jogador para auxiliar na linha de defesa, já desfalcada do paraguaio Balbuena e do lateral esquerdo Guilherme Arana.

?É um jogador experiente, para uma equipe que eu tenho certeza que vai vir fechada esperando o erro. Atleta de recuperação boa. Vai ajudar bastante na questão do posicionamento lá atrás?, disse o comandante, sem deixar de dar um pitaco a respeito de onde a boa fase do defensor pode levá-lo enquanto não acerta sua permanência.

?Pablo está jogando demais também. Mas não sei se vai estar aqui no ano que vem para ser jogador de Corinthians na Seleção?, concluiu.

Gazeta Esportiva

TAGS