PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Dorival faz testes, e Brenner e Thomaz se destacam em treinamento

A semana promete ser de muito trabalho no São Paulo. Após a segunda de folga, Dorival Júnior exigiu muito de seu elenco no CT da Barra Funda na tarde dessa terça-feira. Em uma atividade de aproximadamente duas horas, o treinador são-paulino fez testes, aproveitou para observar algumas opções e, aos berros, cobrou empenho e disciplina [?]

09:50 | 09/08/2017

A semana promete ser de muito trabalho no São Paulo. Após a segunda de folga, Dorival Júnior exigiu muito de seu elenco no CT da Barra Funda na tarde dessa terça-feira. Em uma atividade de aproximadamente duas horas, o treinador são-paulino fez testes, aproveitou para observar algumas opções e, aos berros, cobrou empenho e disciplina tática o tempo todo.

A atividade começou com o famoso bobinho, mas logo ficou mais séria quando Dorival Júnior separou o elenco em quartetos. A disputa era sempre entre dois quartetos. Quem detinha a bola precisava furar a linha de marcação, mas, ao perder a posse, o técnico passava a cobrar uma recomposição rápida.

As simulações de jogo seguiram com um trabalho voltado para marcação alta, de pressão próxima ao gol adversário. Na sequência, o inverso. Os times, já que mais jogadores, precisavam encontrar uma solução, que não fosse o ?bicão?, para fugir da pressão em seu campo de defesa.

O destaque do dia foi o garoto Brenner. O jovem de 17 anos foi colocado ao lado de Lucas Pratto durante todo o trabalho e não decepcionou: marcou gols e deu assistência para o argentino, de quem até recebeu cumprimentos. Com Marcinho em baixa, a revelação de Cotia pode ser novidade para o jogo de domingo, contra o Cruzeiro, no Morumbi.

Outro que foi testado junto aos titulares no meio de campo e aproveitou a oportunidade foi Thomaz. Com a suspensão de Cueva pelo terceiro cartão amarelo, a vaga está aberta. Marcos Guilherme aparece como favorito, já que atuou em todos os jogos desde que ficou à disposição, mas o ex-jogador do Jorge Wilstermann pode ter deixado ao menos uma dúvida na cabeça de Dorival. Jonatan Gomez e Shaylon não deixaram de ser observados, mas foram apenas discretos nessa terça.

A linha de zaga, que chegou a fazer alguns trabalhos específicos, teve Rodrigo Caio de volta. O zagueiro cumpriu suspensão diante do Bahia e retoma o posto ao lado de Arboleda. Bruno, com dores nas costas, sequer foi a campo. Com isso, Buffarini deve herdar a vaga na direita. Pela esquerda, Edimar, apesar de ter deixado o treino antes do fim para não se esgotar fisicamente, não deve ser problema. Foguete completou o setor apenas por necessidade.

Júnior Tavares, liberado para uma audiência, Araruna, com estiramento no músculo anterior da coxa direita, e Aderlan, que levou uma pancada, foram outros desfalques para Dorival na atividade dessa terça. Lucas Fernandes fez uma atividade com bola no campo anexo, ainda em fase de transição após sofrer um estiramento muscular na coxa esquerda no duelo contra o Grêmio.

O destaque negativo da tarde foi Hernanes. O profeta errou muitos passes, não conseguiu finalizar bem e nem de longe lembrou o jogador de outrora. Nada, porém, que diminua a importância do capitão para a equipe ou ameace sua titularidade.

 

Gazeta Esportiva

TAGS