PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Dorival critica arbitragem na Bahia: ?Come barriga o tempo todo?

A arbitragem encabeçada pelo carioca João Batista de Arruda foi alvo de críticas de Dorival Júnior, após a derrota do São Paulo por 2 a 1 para o Bahia, na tarde deste domingo, em Salvador, pela 19ª e última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro. O técnico são-paulino reclama do segundo gol do Tricolor [?]

10:23 | 08/08/2017

A arbitragem encabeçada pelo carioca João Batista de Arruda foi alvo de críticas de Dorival Júnior, após a derrota do São Paulo por 2 a 1 para o Bahia, na tarde deste domingo, em Salvador, pela 19ª e última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

O técnico são-paulino reclama do segundo gol do Tricolor baiano, em que Zé Rafael recebeu a bola de Rodrigão em impedimento, após saída errada de Araruna pela direita. Na sequência do lance, Régis deixou Mendoza na cara do gol. O colombiano não desperdiçou e ampliou a vantagem do time da casa, que seria diminuída logo em seguida, mas em vão.

?Se vocês olharem bem, o Régis saiu de uma posição de impedimento. Estava completamente impedido. São jogadas que temos praticamente seis árbitros, e comem barriga o tempo inteiro nas jogadas mais simples. Quando a bola bateu no Rodrigão, o Régis estava retornando?, esbravejou Dorival, em entrevista coletiva.

Quatro minutos antes, o São Paulo havia sofrido o primeiro gol, oriundo de jogada de Rodrigão, que passou por Éder Militão na esquerda, cruzou rasteiro e contou com a furada de Arboleda para Régis abrir o placar. Nos acréscimos do primeiro tempo, Hernanes descontou de pênalti, o que não resultou em reação na etapa final, já que os visitantes não conseguiram o empate ou a virada, apesar da maior posse de bola.

?Sofremos o primeiro gol numa jogada muito bem trabalhada. O segundo deixou as coisas muito mais complicadas. Fomos agressivos no segundo tempo, tentamos de todas as formas, mas estamos observando o último passe, uma jogada de finta, isso está faltando?, analisou o técnico.

Com o resultado, o São Paulo estacionou no 17º lugar, com 19 pontos, ainda dentro da zona de rebaixamento. A equipe folgará nesta segunda-feira e iniciará na terça à tarde a preparação para o duelo com o Cruzeiro, marcado para domingo (13), às 11 horas (de Brasília), no Morumbi.

TAGS