PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Criação de jogadas vira drama no Botafogo

A criação de jogadas do Botafogo continua sendo um problema para o técnico Jair Ventura. O planejamento do ano havia sido todo feito para que o setor fosse um dos mais importantes da equipe, com Camilo e Walter Montillo formando uma dupla capaz de municiar qualquer ataque. A verdade é que a dupla nunca funcionou [?]

12:45 | 30/08/2017

A criação de jogadas do Botafogo continua sendo um problema para o técnico Jair Ventura. O planejamento do ano havia sido todo feito para que o setor fosse um dos mais importantes da equipe, com Camilo e Walter Montillo formando uma dupla capaz de municiar qualquer ataque. A verdade é que a dupla nunca funcionou em 2017. O primeiro caiu muito de produção, virou reserva e foi negociado com o Internacional. Já o argentino, após passar a maior parte do tempo no departamento médico, decidiu se aposentar.

Sem opções, Jair Ventura foi obrigado a adiantar João Paulo, que passou a ter a missão de criar jogadas de maneira isolada e protegido por uma trinca de volantes. O jogador tem alguns lampejos, como na vitória de 1 a 0 sobre o Nacional no Uruguai, pela Copa Libertadores, mas está longe de ser tratado como solução pelos lados de General Severiano.

Assim, a diretoria optou por investir no setor e contratou o meia Leonardo Valencia, que tinha acabado de defender a seleção chilena na Copa das Confederações. Junto a Marcos Vinícius, trocado com Sassá junto ao Cruzeiro, passou a ser visto como solução para o problema. Porém, o primeiro ainda não conseguiu ter uma atuação que justificasse o investimento, enquanto que o segundo vem sofrendo com lesões e com a própria irregularidade.

O recesso do Campeonato Brasileiro é visto como fundamental para se tentar melhorar essa questão. O fator negativo é que Marcos Vinicius sofreu uma lesão no músculo adutor da coxa direita contra o Bahia, enquanto que Valencia está defendendo o Chile nas Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2018, que será disputada na Rússia. Este só volta na quinta-feira da próxima semana.

Após dois dias de folga o elenco do Botafogo retornou aos trabalhos nesta quarta-feira para um treino regenerativo. O próximo jogo será o clássico contra o Flamengo no dia 10 de setembro, às 19h (Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. No sábado pela manhã, para não perder ritmo, o Glorioso vai enfrentar o também carioca Boavista em jogo-treino.

Gazeta Esportiva

TAGS