PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Coritiba lamenta chances desperdiçadas e quer reação no Atletiba

O Coritiba perdeu pênalti, desperdiçou chances e, em uma falha, viu o Vitória marcar seu gol e bater o time em pleno Alto da Gloria, pelo Campeonato Brasileiro. O atacante Rildo, que foi infeliz ao desviar uma bola para trás e ceder contra-ataque, acredita que o time foi superior nos 45 minutos finais, mas não [?]

22:30 | 28/08/2017

O Coritiba perdeu pênalti, desperdiçou chances e, em uma falha, viu o Vitória marcar seu gol e bater o time em pleno Alto da Gloria, pelo Campeonato Brasileiro. O atacante Rildo, que foi infeliz ao desviar uma bola para trás e ceder contra-ataque, acredita que o time foi superior nos 45 minutos finais, mas não soube concluir suas oportunidades.

?No primeiro tempo fizemos um bom jogo, na minha opinião. Infelizmente eu resvalei errado na bola e ela foi para trás e acabou prejudicando a equipe. Peço desculpas ao torcedor?, disse o jogador, que revelou a preocupação do grupo durante o intervalo. ?Tivemos oportunidades e não concluímos a gol. Ainda falamos no vestiário que era um jogo perigoso de quem não faz toma?, acrescentou.

Um dos mais experiente do time, Alecsandro acredita que não falou vontade e o Alviverde foi até superior, mas não soube matar a partida em seu melhor momento. ?Não jogamos mal não, jogamos bem, era para ter vencido no primeiro tempo. No segundo tempo tomamos um gol, mas não jogamos mal. Agora tem que assumir a responsabilidade e ganhar próxima?, avaliou.

Com uma pausa na competição, o Coxa volta a campo apenas no dia 10, e justamente no clássico diante do Atlético Paranaense. Para Alan Santos, mesmo jogado na Arena, é a grande chance de dar a volta por cima e voltar a respirar. ?Vamos trabalhar essas duas semanas para a gente fazer um bom clássico. A gente tem que ver nosso campeonato, que estamos perto da zona de rebaixamento. Se a gente tivesse feito o placar, chegava no clássico pensado em G6. Mas, o campeonato é equilibrado. No clássico a gente tem a oportunidade de ganhar lá dentro?, concluiu.

Gazeta Esportiva

TAGS