PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Carille nega receio com falta de ritmo em nova pausa no Brasileiro

O Corinthians voltará a ter duas semanas exclusivas para treinamentos antes de entrar novamente em ação pelo Campeonato Brasileiro. Na última vez em que ganhou uma folga tão longa (quando a Chapecoense estava excursionando), o líder sofreu a sua primeira derrota na competição, por 1 a 0, para o Vitória, em Itaquera. ?Não me preocupo [?]

09:15 | 28/08/2017

O Corinthians voltará a ter duas semanas exclusivas para treinamentos antes de entrar novamente em ação pelo Campeonato Brasileiro. Na última vez em que ganhou uma folga tão longa (quando a Chapecoense estava excursionando), o líder sofreu a sua primeira derrota na competição, por 1 a 0, para o Vitória, em Itaquera.

?Não me preocupo com queda de ritmo?, assegurou o técnico Fábio Carille, com motivos para querer reforçar os treinamentos.

O rendimento do Corinthians caiu consideravelmente no segundo turno do Brasileiro, mesmo enfrentando equipes que lutam contra o rebaixamento. Após cair diante do Vitória, o primeiro colocado suou para vencer a Chapecoense pelo placar mínimo, na Arena Condá, e foi derrotado pelo lanterna Atlético-GO pelo mesmo marcador, de novo em casa.

Agora, Carille espera corrigir os erros apresentados nos últimos jogos, reabilitar emocionalmente os seus atletas e recuperar aqueles que estão entregues ao departamento médico durante a pausa do Brasileiro ? consequência da disputa das Eliminatórias para a Copa do Mundo. O próximo compromisso do Corinthians será o clássico contra o Santos, apenas em 10 de setembro, na Vila Belmiro.

?Essa parada será importante para todas as equipes. Para mim, é bom para ter o Jadson (fraturou duas costelas em julho) e o Pablo (tinha lesão muscular na coxa direita) em uma melhor condição. Também vamos esperar para ver o que acontece com o Balbuena (está com contusão na coxa esquerda) e o Arana (coxa direita) nesses dias?, comentou Fábio Carille.

O Corinthians ainda lidera o Campeonato Brasileiro com folga, somando 50 pontos ganhos. O Grêmio tem 40, seguido pelo Santos (38), e ainda não atuou pela 22ª rodada. Jogará contra o Sport no sábado, em Porto Alegre.

Gazeta Esportiva

TAGS