PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Associação de Executivos de Futebol defende Alexandre Mattos

A Associação Brasileira de Executivos de Futebol (Abex) emitiu nesta segunda-feira uma nota de repúdio às ameaças de morte sofridas pelo diretor executivo do Palmeiras, Alexandre Mattos. Em texto publicado no site da entidade, a organização afirma que ?respalda e resguarda? o dirigente. No comunicado, a ABEX cita que a atemorização pela vida de Alexandre [?]

20:01 | 21/08/2017

A Associação Brasileira de Executivos de Futebol (Abex) emitiu nesta segunda-feira uma nota de repúdio às ameaças de morte sofridas pelo diretor executivo do Palmeiras, Alexandre Mattos. Em texto publicado no site da entidade, a organização afirma que ?respalda e resguarda? o dirigente.

No comunicado, a ABEX cita que a atemorização pela vida de Alexandre Mattos simboliza a ?falência da sociedade? e a ?total falta de compreensão com a área de atuação de um Executivo de Futebol?, explicando que os profissionais não são ?meros contratados?.

A nota termina com a assertiva: ?Se continuarem nos enxergando como meros contratadores, estaremos fazendo a roda girar como sempre se fez em nosso falido meio futebolístico brasileiro, que urgentemente súplica por um pouco mais de conteúdo?.

Confira o comunicado na íntegra:

A ABEX se manifesta em forma repudia contra as ameaças físicas sofridas pelo seu Associado Alexandre Mattos, Diretor Executivo da Sociedade Esportiva Palmeiras.

Alexandre tem nosso total respaldo e resguarda, pois sempre de forma digna e competente fez gestão de alto nível em toda a sua carreira.

Ameaças refletem uma ação vândala e destrutiva e nossa Associação jamais tolerará iniciativas assim.

Tais ações desta natureza atestam duas coisas em nossa visão :

1- à falência de valores de nossa Sociedade

2- a total falta de compreensão com a área de atuação de um Executivo de Futebol.

A respeito da segunda da parte , lamentamos sermos interpretados como meros ?contratadores ?.

Nosso campo de atuação é infinitamente mais abrangente. Passa pelas definições estratégicas do Departamento, pela gestão de profissionais ( e suas respectivas carreiras ), pela definição de modelo de gestão, pela estruturação dos setores, pelo estabelecimento de processos, pela gestão de Captação, formação e transição das Categorias de Base, pelo desenvolvimento científico e tecnológico do Departamento e pelo gerenciamento dos processos mais relevantes do Futebol ( logística, análise de desempenho, registro, área médica, etc ? )

Se continuarem nos enxergando como meros CONTRATADORES estaremos fazendo a roda girar como sempre se fez em nosso falido meio futebolístico brasileiro, que urgentemente súplica por um pouco mais de conteúdo

Gazeta Esportiva

TAGS