PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Argentina visita o Uruguai em jogo decisivo nas Eliminatórias

Um clássico cercado de rivalidade ganhou um tempero a mais. Uruguai e Argentina prometem tirar faísca do chão em confronto programado para esta quinta-feira, às 20h (de Brasília), no Estádio Centenário, em Montevidéu, capital uruguaia, em choque válido pela 15ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, que será disputada na [?]

20:15 | 30/08/2017

Um clássico cercado de rivalidade ganhou um tempero a mais. Uruguai e Argentina prometem tirar faísca do chão em confronto programado para esta quinta-feira, às 20h (de Brasília), no Estádio Centenário, em Montevidéu, capital uruguaia, em choque válido pela 15ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, que será disputada na Rússia. A Celeste é a terceira colocada com 23 pontos, um a mais que os argentinos, hoje fora da zona de classificação direta. Quem tropeçar pode se ver em maus lençóis.

Jorge Sampaoli, técnico da Argentina, fará seu primeiro jogo oficial. Ele substitui ao demitido Edgardo Bauza e seu primeiro duelo foi um triunfo sobre a Seleção Brasileira, que tirou a invencibilidade de Tite, em amistoso. O treinador promete uma postura ousada mesmo em Montevidéu.

?Nós precisamos pensar que temos uma decisão por rodada daqui para a frente, mas dependemos apenas dos nossos próprios resultados e vamos em busca de um triunfo atuando fora de casa?, disse Sampaoli.

Já o Maestro Óscar Tabárez, comandante do Uruguai, aposta em um ?jogo de xadrez?. ?A Argentina tem um grande time, assim como o Uruguai. Ninguém quer se arriscar, mas ambos precisam ganhar. São times com DNA ofensivo e isso me faz esperar um jogo de xadrez, mas emocionante?, disse Tabárez.

Ao analisar as escalações é fácil ver uma constelação. No Uruguai, Tabárez chegou a ameaçar não escalar o atacante Luís Suárez, companheiro de Messi no Barcelona, já que ele sofreu uma distensão na cápsula posterior do joelho direito. Porém, trata-se apenas de uma ameaça para confundir o rival e ele formará a dupla de frente com Edinson Cavani, que atua com Neymar no PSG.

A Argentina, por sua vez, exibe um esquema com três zagueiros, porém, bem ofensivo. A linha de frente conta com Angel Di María, Lionel Messi, Paulo Dybala e Mauro Icardi. Ou seja, um transtorno para a defesa celeste.

Pelo regulamento das Eliminatórias sul-americanas, todas as dez seleções se enfrentam em turno e returno no sistema de pontos corridos. Ao fim, os quatro primeiros colocados se garantem na Copa do Mundo. O quinto colocado ganha uma oportunidade extra na repescagem contra o vencedor das Eliminatórias da Oceania.

FICHA TÉCNICA

URUGUAI X ARGENTINA

Local: Estádio Centenário, em Montevidéu (Uruguai)

Data: 31 de agosto de 2017 (Quinta-feira)

Horário: 20h (de Brasília)

Árbitro: Víctor Carrillo (Peru)

Assistentes: Jonny Bóssio (Peru) e Coty Carrera (Peru)

URUGUAI: Fernando Muslera, Martín Cáceres, José María Giménez, Diego Godín e Gastón Silva; Nahitan Nández, Álvaro González, Matias Vecino e Cristian Rodríguez; Luis Suárez e Edinson Cavani

Técnico: Óscar Tabárez

ARGENTINA: Sergio Romero, Gabriel Mercado, Federico Fazio e Nicolás Otamendi; Lautaro Acosta, Lucas Biglia, Guido Pizarro, Angel Di María, Lionel Messi e Paulo Dybala; Mauro Icardi

Técnico: Jorge Sampaoli

Gazeta Esportiva

TAGS