Participamos do

Vila Nova e Remo começam a decidir título inédito da Copa Verde

16:38 | Dez. 08, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A edição 2021 da Copa Verde terá um campeão inédito. Nesta quarta-feira (8), às 20h (horário de Brasília), Vila Nova e Remo começam a decidir o título da competição regional, que reúne equipes do Centro-Oeste e do Norte, além do estado do Espírito Santo, no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia. A TV Brasil exibe a partida na íntegra, a partir das 21h30. O jogo de volta está marcado para sábado (11), às 17h, no Baenão, em Belém, com transmissão ao vivo da emissora da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

O Vila Nova é o primeiro clube goiano a chegar à decisão do torneio, que dá ao campeão vaga direta na terceira fase da próxima Copa do Brasil. O Tigre entrou direto nas oitavas de final, derrotando o Rio Branco de Venda Nova-ES por 3 a 0. Nas quartas passou pela Aquidauanese-MS com vitórias por 1 a 0 e 7 a 0. Já na semifinal eliminou o Nova Mutum-MT ao ganhar por 3 a 0 a partida de ida e empatar a de volta por 1 a 1.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O Remo, por sua vez, alcança a final pela terceira vez em oito edições da Copa Verde, mas também busca o primeiro título. O Leão Azul perdeu a decisão de 2015 para o Cuiabá e a de 2020 (disputada neste ano) para o Brasiliense. Os paraenses largaram nas quartas de final com uma goleada por 9 a 0 sobre o Galvez-AC. Nas quartas eliminaram o Manaus, após empatarem o primeiro duelo por 1 a 1 e ganharem o segundo por 3 a 0. Já na semifinal o adversário foi o rival Paysandu. As equipes ficaram no 2 a 2 na partida de ida. Na volta, triunfo azulino por 2 a 0.

É a segunda final entre Vila Nova e Remo em menos de um ano. Em janeiro, Tigre e Leão Azul decidiram o título da Série C do Campeonato Brasileiro (de 2020). Os goianos ganharam tanto o jogo de ida, em casa, por 5 a 1, como o de volta, no Mangueirão, em Belém, por 3 a 2.