Participamos do

Vitórias de Atlético-GO e Santos embolam briga por Libertadores

23:06 | Dez. 06, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A disputa por vagas na fase preliminar da Libertadores ficou ainda mais embolada após os resultados desta segunda-feira (6). No complemento da 37ª rodada, o Atlético-GO venceu o confronto direto contra o Internacional, por 2 a 1 no Beira-Rio, enquanto o Santos derrotou o Flamengo por 1 a 0 no Maracanã. Goianos e paulistas nutrem chances de entrar no G8.

No Rio de Janeiro, as duas equipes tiveram oportunidades de abrir o placar no primeiro tempo, mas os goleiros João Paulo e Hugo Souza evitaram que as redes balançassem. O Rubro-Negro ainda teve um gol do atacante Pedro anulado, aos 28 minutos, após intervenção do árbitro de vídeo (VAR), que viu impedimento do lateral Matheuzinho na origem da jogada.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Na etapa final, o VAR foi novamente decisivo, validando o gol de Marcos Leonardo, aos 11 minutos, que havia sido anulado sob alegação de impedimento do atacante santista. Aos 18, o zagueiro Kayky fez pênalti em Vitinho, mas o também atacante Gabriel desperdiçou a chance do empate, acertando a trave. Os anfitriões pressionaram, sem êxito, irritando os mais de 40 mil torcedores presentes no Maracanã.

O Santos foi a 49 pontos, na 11ª posição, um ponto atrás do América-MG, oitavo colocado e último time na zona de classificação à pré-Libertadores. O Peixe precisa ganhar do Cuiabá nesta quinta-feira (9), às 21h30 (horário de Brasília), na Vila Belmiro, além de torcer por outros resultados para se garantir no principal torneio do continente. O Flamengo segue com 71 pontos, já com o vice-campeonato assegurado.

Em Porto Alegre, o goleiro Marcelo Lomba salvou o Inter em finalizações perigosas do meia Rickson e do atacante Montenegro, enquanto o travessão evitou o gol do volante Baralhas. Isso tudo nos primeiros 25 minutos de bola rolando. Apesar da pressão do Atlético-GO, o Colorado foi quem saiu na frente. Aos 32 minutos, o atacante Yuri Alberto completou, de peito, um cruzamento da esquerda e voltou balançar as redes após sete rodadas.