Participamos do

Série B: Vila Nova e Vasco empatam e prolongam jejum de vitórias

20:55 | Nov. 15, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O jejum de vitórias de Vila Nova e Vasco na Série B do Campeonato Brasileiro continua. Nesta segunda-feira (15), goianos e cariocas empataram por 2 a 2 no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia, pela 36ª rodada da competição. O Cruzmaltino não vence há seis partidas e vinha de quatro derrotas consecutivas. O Tigre não sabe o que é ganhar há quatro jogos.

Sem esperanças de retornar à Série A nesta temporada, o Vasco está em nono lugar, com 48 pontos, três a frente do Vila Nova, que aparece em 13º, ainda tentando se distanciar do Z4 - são quatro pontos de diferença para o Londrina, 17º e primeiro time na zona de rebaixamento, com duas rodadas pela frente e seis pontos em disputa.

O Vila entrou em campo mais interessado que o Vasco. Aos 13 minutos, o volante Pedro Bambu arrematou de dentro da área e contou com um desvio no atacante Morato para abrir o marcador. Apesar da pressão da equipe da casa, o placar não foi mais alterado antes do intervalo.

Os cariocas reagiram no início do segundo tempo, com Morato completando para as redes o cruzamento do meia Nenê, antes do cronômetro completar o primeiro giro. A virada saiu aos sete minutos, com o atacante Daniel Amorim chutando de primeira. A vantagem cruzmaltina, porém, durou um minuto. No lance seguinte, o atacante Cleyton bateu cruzado e deixou tudo igual. À medida que caminhou para o fim, o ritmo da partida diminuiu e as metas não foram mais vazadas.

Na próxima sexta-feira (19), o Vasco têm pela frente o Remo, às 19h (horário de Brasília), em São Januário, no Rio de Janeiro. Na sequência, às 21h30, o Vila recebe o Londrina e pode sacramentar a permanência na Série B. As partidas valem pela 37ª rodada da competição nacional.

Simultaneamente ao jogo em Goiânia, o Náutico bateu o Sampaio Corrêa por 2 a 1 nos Aflitos, em Recife. O zagueiro Camutanga, aos 23 minutos do segundo tempo, abriu o marcador para o Timbu. Quatro minutos depois, o atacante Álvaro desviou um chute do meia Jean Carlos e ampliou - o gol foi validado após intervenção do árbitro de vídeo (VAR). Aos 41, o meia Gabriel Popó descontou para a Bolívia Querida, que chegou a empatar nos acréscimos, com o atacante Ciel, mas o lance foi anulado por impedimento.

O Náutico segue na oitava posição, com 52 pontos, a seis do Avaí. Matematicamente, os pernambucanos têm chances de subir à Série A, mas necessitam de uma combinação difícil de resultados. O Sampaio é o décimo, com 46 pontos. Na próxima quinta-feira (18), às 21h, os maranhenses recebem o Cruzeiro no Castelão, em São Luís. O Timbu só volta a campo domingo (21), às 18h30, novamente nos Aflitos, para encarar o Avaí. Os duelos também valem pela 37ª rodada.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags