Participamos do

Paralimpíada: conheça mais sobre o halterofilismo na Tóquio 2020

16:09 | Ago. 18, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O halterofilismo é uma das 20 modalidades que terá participação brasileira nos Jogos Paralímpicos de Tóquio (Japão). Na história, a estreia da modalidade no programa paralímpico ocorreu justamente na primeira edição do evento no Japão, em 1964. Mas, a participação feminina na modalidade começou apenas em 1966.

Os competidores possuem deficiência nos membros inferiores (com amputação e/ou com lesão medular), paralisia cerebral e/ou medula espinhal. Não existe divisão por classe como nas demais modalidades, e os competidores são separados apenas por categorias de peso corporal, da mesma forma que ocorre no esporte convencional. Nos Jogos Paralímpicos, serão disputadas dez categorias masculinas e dez femininas.