}else{}
Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Ypiranga e Paraná empatam em 1 a 1 pela Série C

Autor - Agência Brasil
Foto do autor
- Agência Brasil Autor
Tipo Notícia

O Ypiranga empatou em 1 a 1 com o Paraná, na noite desta segunda-feira (2) no estádio Durival Britto, e manteve a liderança do Grupo B da Série C do Campeonato Brasileiro.

Mulheres nas Olimpíadas e os espaços que nos são dados

COLUNA
22:29 | Ago. 02, 2021
Autor Iara Costa
Foto do autor
Iara Costa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Opinião

Não há como negar: a Olimpíada do Tóquio, que se encerra neste final de semana, foi bastante inclusiva, já que tivemos um percentual de 49% de participação feminina. Do lado do Brasil, nas mais diferentes faixas etárias, muitas dessas meninas e mulheres irão voltar para casa com medalha no pescoço. Aos 13 anos, Rayssa Leal traz prata em uma modalidade nova, e Rebeca Andrade, aos 22 anos, chega em casa com duas medalhas inéditas para a ginástica. 

Não há como negar que ocupamos mais espaços a cada dia, e fazemos isso com maestria. Há muito o que celebrar e, numa realidade ainda pandêmica — embora muitos tentem ignorar a persistente existência do coronavírus e suas variantes —, as conquistas devem ser comemoradas, mas ainda há pontos a serem observados dos Jogos Olímpicos. Não, não irei falar da desclassificação do time feminino de futebol em uma disputa que poderia ter sido vencida ou de atletas que "decepcionaram", mas sob a pressão que é imposta em cima dessas mulheres. 

Costumo dizer que o futebol masculino brasileiro possui quase 100 anos a mais que o feminino. Nessa lógica, esse tempo justifica, até certo ponto, diferenças de investimento e qualidade técnica, no mínimo. O nivelamento é necessário, mas compreendo que isso não irá ocorrer amanhã ou daqui a dois anos. Tendo ciência disso, por qual motivo, então, preciso achar normal que se justifique que o futebol feminino deve viver o mesmo nível de comparação com o futebol masculino quando fracassa?

Não estou dizendo que não precisa haver cobrança. Como falei acima, o time desclassificado tinha total condição de passar de fase na competição e isso deve ser questionado. Mas como achar normal cobrar a seleção feminina na mesma proporção que cobramos a masculina se, até dia desses, as atletas que eram convocadas sequer tinham time ou mesmo passado por um trabalho de base? 

O futebol feminino brasileiro já foi atração de circo e, muitas vezes, eu ainda sinto que atualmente é assim que muitos espectadores acompanham a modalidade. Os espaços nos são dados, mas de uma maneira traiçoeira, já que muitos esperam uma falha para rir, caçoar ou jogar tomates como faziam com a palhaços. A diferença é que essa ridicularização e desvalorização ocorre em rede social nos tempos atuais. O espectador, muitas vezes, não questiona em qual condição muitas atletas são postas ali. 

Muito também se falou sobre saúde mental nestas Olimpíadas. Como esperar que uma atleta tenha sua saúde mental intacta se, mesmo com pouco investimento, elas são cobradas por um mesmo nível evolutivo do masculino?

Seis vezes melhor do mundo, Marta aconselhou após a partida: “Deixem as meninas continuarem evoluindo, dando seu melhor, com a cabeça boa. Desde o primeiro momento que eu cheguei na seleção que a gente carrega isso de ter que mostrar, ter que fazer isso ou aquilo, então, uma Olimpíada a mais na nossa conta não vai fazer muita diferença, mas na cabeça dessas meninas que é a primeira Olimpíada vai fazer muita".

Se quisermos um dia alcançar maiores níveis na modalidade, precisamos escutar o conselho da rainha do futebol. 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Isaquias Queiroz e Jacky Godmann garantem vaga na final da canoagem

Esportes
22:23 | Ago. 02, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Os brasileiros Isaquias Queiroz e Jacky Godmann garantiram vaga na final do C2 1000 metros (m) da canoagem velocidade da Olimpíada de Tóquio (Japão) ao completarem a segunda semifinal da prova na 4ª posição com o tempo de 3min27s167, na noite desta segunda-feira (2) no Canal Sea Foreste.

Juventus contrata atacante Kaio Jorge junto ao Santos

Esportes
21:24 | Ago. 02, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Santos anunciou nesta segunda-feira (2) que chegou a um acordo com a Juventus (Itália) pelo atacante Kaio Jorge, que será liberado de imediato.

“A Juventus chegou às condições que apresentamos e que entendemos que foram as melhores nesse momento para o clube, diante do cenário que encontramos. Boa sorte ao Kaio Jorge, mais um menino da Vila que vamos torcer para seguir bem sua trajetória”, afirmou o presidente do Peixe, Andres Rueda, em nota.

O atacante, que tem 19 anos, chegou à Vila Belmiro em 2013, onde passou a jogar pelo sub-11. Na equipe profissional do Peixe, Kaio Jorge atuou em 84 jogos, marcando 17 gols.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Brasil x México ao vivo nas Olimpíadas: onde assistir à seleção de futebol

Futebol masculino
18:56 | Ago. 02, 2021
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Brasil e México se enfrentam no início da manhã desta terça-feira, 3 de agosto (03/08), no futebol masculino, em partida das semifinais das Olimpíadas de Tóquio 2020. O jogo da seleção brasileira masculina será disputado no Estádio de Kashima, em Ibaraki, no Japão, a partir das 5 horas (horário de Brasília). As Olimpíadas estão hoje, segunda, 2 de agosto (02/08), no 11º dia.

O confronto terá transmissão ao vivo na TV Globo, canal televisivo gratuito, nas emissoras pagas Bandsports e SporTV e online no serviço de streaming GloboPlay. Confira como assistir e demais informações ao final do texto.

Depois de conquistar duas vitórias e um empate, somando sete pontos, a seleção brasileira olímpica de futebol fechou a fase de grupos na primeira posição do grupo D. Na última partida, a equipe brasileira venceu o Egito por 1x0, com gol de Matheus Cunha, garantiu a vaga para a semifinal. 

Brasil x México ao vivo: onde assistir

TV Globo: na TV aberta

Bandsports e SporTV: para clientes das operadoras de TV a cabo compatíveis

Globoplay: para assinantes do serviço online de streaming

Olimpíadas 2021 - futebol masculino

Provável escalação

Brasil:

Santos; Daniel Alves, Nino, Diego Carlos, Guilherme Arana; Douglas Luiz, Bruno Guimarães, Claudinho, Antony; Matheus Cunha e Richarlison.

México:

Ochoa; Lorona, Montes, Vásquez, Angulo; Rodríguez, Cordova, Romo; Lainez, Martín e Vega.

Quando será Brasil x México

Terça-feira, 3 de julho (03/08), às 5 horas (horário de Brasília)

Onde será Brasil x México 

Estádio de Kashima, em Ibaraki, no Japão

OLIMPÍADAS DE TÓQUIO: CONFIRA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ferroviário precisa somar 11 pontos para assegurar vaga no mata-mata da Série C

SÉRIE C
17:53 | Ago. 02, 2021
Autor Mateus Moura
Foto do autor
Mateus Moura Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

O Ferroviário poderia ter terminado a 10ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro como líder, mas o empate por 0 a 0 diante do Botafogo-PB, na tarde do último sábado, 31, no estádio Elzir Cabral, fez com que o Tubarão perdesse duas posições, ficando na quarta colocação do Grupo A, com 16 pontos. Faltando oito jogos para o fim da fase de grupos da Terceirona, o Tubarão da Barra precisa de mais 11 pontos para atingir a pontuação média das equipes classificadas para a fase mata-mata nos últimos anos, que é 27.

No ano passado, o Coral chegou à 10ª rodada também na quarta posição, mas com 14 pontos, dois a menos do que na campanha atual. Na temporada passada, o Paysandu-PA se classificou com 29 pontos, três a mais que o quinto colocado Manaus-AM, com 26.

Dependendo apenas de si e com oito jogos restantes, a equipe de Francisco Diá tem 24 pontos em disputa. Para alcançar a média histórica, o Tubarão precisa conquistar 11 pontos, ou seja, três vitórias e dois empates seria o suficiente. Assim, 50% de aproveitamento devem ser suficientes para o time cearense ficar com a vaga.

Entre os confrontos, o Ferrão ainda enfrenta concorrentes diretos pela vaga, como o Tombense-MG, 6º colocado, na 13ª rodada, o líder Volta Redonda-RJ, na 15º rodada, o Paysandu-PA, 3ª colocado, na 16º rodada e o Manaus-AM, 5º colocado, na 17º rodada.

Embolado, o grupo A está em aberto. Três clubes do G-4 estão com 16 pontos: Ferroviário (4º), Paysandu-PA (3º) e Botafogo-PB (2º), separados pelo critério de saldo de gols. O líder Volta Redonda-RJ, com 17 pontos, é o que tem maior margem para o Manaus-AM, primeiro clube fora da zona de classificação, com 14 pontos. A disputa pela vaga ainda se estende ao Tombense-MG, também com 14 pontos, Altos-PI com 12 e o Floresta, mais atrás, com 11.

Na próxima rodada, o Tubarão vai a Teresina (PI) enfrentar o Altos-PI, na sexta-feira, 6 de agosto, às 20 horas, no estádio Albertão, em Teresina-PI.

Briga do Floresta deve ser contra o rebaixamento

Outro representante cearense na Série C, o Floresta ainda tem chances de classificação. O cenário, entretanto, é bem mais complicado.

Primeiro time fora da zona de rebaixamento, o Verdão da Vila Manoel Sátiro é oitavo colocado com 11 pontos, um a mais que o Altos. Como também ainda vai disputar oito rodadas, o time cearense precisaria conquistar 67% dos pontos para avançar. Ou seja, cinco vitórias e um empate ou quatro triunfos e quatro igualdades.

Na próxima rodada, no sábado, 7, o Floresta encara o lanterna Santa Cruz-PE, no estádio Carlos de Alencar Pinto, na sede do Ceará Sporting Club.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags