PUBLICIDADE
natural
NOTÍCIA

Rússia demite diretor de sua agência antidoping

Yuri Ganus estava desde 2017 no cargo e foi afastado em decisão unânime

18:13 | 28/08/2020
O diretor da Rusada, agência antidoping da Rússia, foi demitido (Foto: AFP)
O diretor da Rusada, agência antidoping da Rússia, foi demitido (Foto: AFP)

Os Comitês Olímpico e Paralímpico da Rússia demitiram o diretor de sua agência antidoping (Rusada), Yuri Ganus, que liderava uma campanha desde sua nomeação em 2017 para denunciar a falta de compromisso das autoridades do país contra o doping. "A assembleia geral decidiu demitir Ganus. A decisão foi tomada por unanimidade", declarou o presidente do comitê olímpico russo, Stanislav Pozdniakov, durante uma entrevista coletiva.

O diretor da Rusada foi indiciado após uma auditoria administrativa que o acusou de infrações. "Esta decisão foi tomada apenas com base nas divulgações de violações administrativas e econômicas", da Rusada, acrescentou Pozdniakov, mostrando-se "convencido" de que a Agência Antidoping Russa permanecerá "independente".

Ganus, que esperava essa decisão, disse à AFP que "não significa nada de bom (para o esporte na Rússia), já que a Rusada se tornou um ponto para o restabelecimento da confiança" entre a Rússia e as autoridades esportivas no mundo todo.

Ganus, de 56 anos, denunciou a auditoria no início de agosto, considerando que seu objetivo era "vingança" por sua postura muitas vezes contrárias ao governo russo. Assim, Ganus havia acusado as autoridades de seu país de serem responsáveis por falsificações do laboratório antidoping de Moscou, o que levou ao afastamento da Rússia dos Jogos Olímpicos e competições esportivas mundiais por quatro anos.