PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Atletas cearenses conseguiram sete medalhas nos Jogos Parapan-Americanos de 2019

Eles contribuíram para o melhor desempenho de uma delegação na história da competição

Gabriel Lopes
16:19 | 02/09/2019
Atletas medalhistas foram recebidos no aeroporto de Fortaleza.
Atletas medalhistas foram recebidos no aeroporto de Fortaleza. (Foto: Divulgação/Gov.CE)

Entre os dias 23 de agosto e 1º de setembro aconteceu em Lima os Jogos Parapan-Americanos, que é uma competição multidesportiva voltada para pessoas com algum tipo de deficiência. O Brasil teve desempenho histórico na competição, conquistando 124 medalhas de ouro, 99 de prata e 85 de bronze, o que garantiu a liderança no quadro de medalhas da competição. O desempenho também foi o mais vitorioso da história dos jogos. Alguns atletas cearenses ajudaram o Brasil a chegar nessas estatísticas, com três ouros, duas pratas e dois bronzes.

Maciel Santos foi medalha de ouro na bocha BC2 e prata com a equipe brasileira de Bocha, categoria BC1/BC2. David Freitas conquistou medalha de prata no tênis de mesa por equipes, classe 3-5. Também no tênis de mesa, mas na categoria 6-8, Francisco Wellington foi medalha de ouro.

No lançamento de dardo F44, Francisco Jefferson foi medalha de bronze, enquanto Edênia Garcia conseguiu ser ouro na modalidade costas S3, da natação. Pela equipe de basquete feminino, a jogadora Oara Uchôa e o auxiliar técnico Francilídio Andrade foram medalhistas de bronze.

O evento mais importante do esporte paralímpico, as Paralimpíadas, acontecerá em 2020, no Japão, entre os dias 25 de agosto e 6 de setembro. O Brasil, que foi oitavo no quadro de medalhas das Paralimpíadas de 2016, buscará melhor resultado no ano que vem, tendo em vista o desempenho histórico da delegação em 2019.