Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Bolsonaro faz novas críticas a STF e urnas eletrônicas em reunião com médicos

Além de reforçar a defesa de tratamentos sem comprovação científica e de reiterar que não se vacinou contra a covid-19, como recomendam especialistas, o presidente Jair Bolsonaro usou seu encontro com a classe médica no Conselho Federal de Medicina (CFM) na manhã desta quarta-feira, 27, para criticar mais uma vez o Supremo Tribunal Federal (STF) e as urnas eletrônicas.

"A vida nossa passa pelo Parlamento, passa pelo Executivo e passa por outros poderes também que estão legislando bastante nos últimos três anos", declarou Bolsonaro no CFM.

A reunião não constava da agenda oficial do presidente, como orienta a legislação. "Tudo evolui, exceto as urnas das seções eleitorais, elas não precisam evoluir. Mas não vou tocar nesse assunto aqui", disse o presidente.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"Eu não me vacinei, entendo que isso é liberdade, é democracia, é um direito meu e estou vivo até hoje", acrescentou, em frente a médicos em Brasília. Bolsonaro foi aplaudido em pé após seu pronunciamento.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar