PUBLICIDADE
BBB19
Aquecimento

BBB: confira os 10 participantes eliminados com maior índice de rejeição

Desentendimentos com outros brothers e atitudes controvérsias acabam tornando alguns participantes um tanto quando odiados pelo público

22:59 | 08/01/2019
Conquistar fama e o carinho do público, além do prêmio final, é o desejo de todo novo participante do Big Brother Brasil (BBB). Entretanto, nem sempre isso é possível. 
Desentendimentos com outros brothers e atitudes controvérsias acabam tornando alguns participantes um tanto quando odiados pelo público.
 
Com isso, O POVO Online selecionou dez brothers eliminados do BBB com o maior índice de rejeição, confira:
 
Natália Nara
(Foto: Reprodução/Globo)
Enfrentar paredão com o favorito da edição não é nada fácil para os brothers. O mesmo aconteceu com Natália, que foi para a berlinda com o campeão da quinta edição do reality, Jean Wyllys, e acabou sendo eliminada com 88% dos votos. Além disso, a cearense se tornou uma das maiores inimigas de Grazi Massafera, queridinha do público e que na época conquistou a segunda colocação na final do BBB. Hoje em dia, fora dos holofotes, Natália Nara é pastora e vive na cidade de Santos, em São Paulo, com marido e filha.
 
Breno Simões 
(Foto: Reprodução/Globo)
Envolvido em um triângulo amoroso com as colegas de confinamento Ana Clara e Paula Amorim, a opinião do público sobre o arquiteto ficou um tanto quanto dividida. Nem odiado e também nem amado, Breno foi eliminado da última edição do reality na reta final, com 88,34% dos votos. Fora da casa, ele manteve o relacionamento com Paula e os dois já planejam até mesmo casamento.
 
Fani Pacheco 
(Foto: Reprodução/Globo)
 
Outra participante que acabou sendo eliminada por enfrentar o favorito do público no paredão, Diego Alemão. Na época, ela e o paulista se envolveram em um triângulo amoroso com Íris Stefanelli, que rendeu diversos barracos dentro casa. Mesmo conseguindo se manter no reality após a eliminação da rival, Fani não conseguiu bater o ex-affair, e foi eliminada com 89% dos votos.
 
Airton Cabral 
(Foto: Reprodução/Globo)
O rival de Alemão, favorito da sétima edição do BBB, acabou caindo na ira do público quando se desentendeu com o paulista e ameaçou agredi-lo durante uma confusão. No final, Airton acabou levando a pior ao enfrentar seu inimigo no paredão e saiu do jogo com 91% dos votos
 
Rogério Padovan 
(Foto: Arquivo Pessoal)
Mais um participante vítima da rivalidade com favoritos do Big Brother Brasil. Considerado um dos maiores estrategistas do reality, o médico comandava uma "equipe" especial na quinta edição que tramava diversos planos para eliminar Jean Wyllys e seus aliados. Indicado por seu inimigo à berlinda, ele deixou o jogo com um índice de 92% de rejeição.
 
Rafa Oliveira
(Foto: Reprodução/Globo)
Atitudes controvérsias de Rafael acabaram tornando ele o participante mais odiado da 12ª edição do Big Brother Brasil. Além de protagonizar brigas com os brothers mais queridos pelo público, ele também traiu sua namorada com a colega de confinamento Renata Dávila. Com isso, ele acabou recebendo 92% dos votos em paredão com Yuri Oliveira e foi embora pra casa.
 
Nayara de Deus 
(Foto: Reprodução/Gshow)
Público não gostou muito do perfil de mulher militante de Nayara. Buscando sempre trazer pautas relacionadas ao preconceito racial em suas discussões, ela acabou esquecendo de focar no jogo e foi eliminada da última edição com 92,69% dos votos.
 
Felibe Cobra
(Foto: Reprodução/Globo)
Outro rival de Diego Alemão que foi massacrado pelo público, que não aprovava seu comportamento agressivo e preconceituoso. Durante formação do quarto paredão da edição, ele foi indicado pelo próprio inimigo e deixou o jogo com 93% dos votos.
 
Patrícia Leite 
(Foto: Reprodução/Globo)
Tida como a maior vilã do BBB18 e grande rival da vencedora da edição, Gleici Damasceno, a cearense acabou se tornando uma das participantes eliminadas do reality com maior índice de rejeição, atingindo 94,26% dos votos. Bastante hostilizada nas redes sociais, Patrícia demorou um pouco para se reerguer e tentar reconquistar o público. Atualmente, ela segue a carreira de influenciadora digital e compartilha diariamente com seus seguidores resultados de suas dietas.
 
Aline dos Santos 
(Foto: Reprodução/Globo)
A carioca, que entrou no reality para substituir Marielza Santos, vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) dentro da casa, foi a participante que sofreu maior índice de rejeição de todas edições do Big Brother Brasil. Conhecida como "Aline X-9", ela causava intriga entre os participantes da casa ao fingir ser amiga de todos apenas para repassar informações entre os grupos rivais. Com 95% dos votos, ela foi eliminada do BBB5 e considerada a participante mais odiada de todas as edições.
 
Redação O POVO Online