PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Dias de Caetano no cárcere são destaque no Festival de Veneza

A obra, única do Brasil no festival, não concorrerá a prêmio. Será exibida na seção "Fora de Concurso"

21:15 | 07/09/2020
Caetano Veloso (Foto: divulgação)
Caetano Veloso (Foto: divulgação)

O documentário dirigido por Renato Terra e Ricardo Calil “Narciso em Férias”, que apresenta relatos do cantor brasileiro Caetano Veloso durante o período em que ficou preso na época da ditadura, é um dos destaques da programação da 77ª edição do Festival de Cinema de Veneza desta segunda-feira, 7. A obra, única brasileira no evento, não concorrerá a prêmio, sendo exibida na seção “Fora de Concurso”.

Através de videoconferência para apresentação do filme, o cantor afirma que sempre teve uma memória crítica e que gostava de lembrar e relembrar daqueles dias. Ele se disse emocionado quando pegou em documentos sobre seu interrogatório e detalhes de detenção.

O roteiro do filme traz reflexões e as memórias dos 54 dias de cárcere de Caetano durante a ditadura militar, em 1969.

Nesta segunda-feira, também receberá prêmio de reconhecimento o compositor e músico Terence Blanchar, autor de várias trilhas sonoras usadas no cinema. Ele receberá a honraria Campari Passion for Film.