PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Rita Cadillac chora ao ser criticada por receber auxílio emergencial e revela: "Não tem entrado um real"

"Chorei com as agressões que sofri por ter recebido o auxílio emergencial. Não fui eu que me aprovei, foi o governo", defendeu-se.

15:29 | 15/06/2020
"Não sou considerada uma artista de classe A, minha casa é simples, moro de aluguel", declarou Rita (Foto: Reprodução/Instagram)

A ex-chacrete Rita Cadillac revelou no último sábado 13, para a revista Veja, que sofreu com críticas por ter recebido auxílio emergencial. "Não tem entrado um real na minha conta", declarou.

Ainda à revista ela afirmou ter chorado com todas as críticas. "Chorei com as agressões que sofri por ter recebido o auxílio emergencial. Não fui eu que me aprovei, foi o governo. As pessoas têm de ponderar, não sou considerada uma artista de classe A, minha casa é simples, moro de aluguel", declarou.

LEIA MAIS | Após receber críticas, cunhado de Alok devolve auxílio emergencial e DJ pede desculpas

A artista declarou que sente vontade de trabalhar e espera que com o fim da pandemia o desejo "vai dobrar". "Não sei se a pandemia vai transformar o mundo para o bem, mas espero que sim. Quanto a mim, o que vai mudar é a vontade de trabalhar. Se antes já era muita, com o fim da crise ela vai dobrar. Pode ter certeza", afirmou.