PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Conheça o Chippu, aplicativo que ajuda indecisos a escolherem o que assistir em serviços de streaming

O Chippu foi desenvolvido durante a pandemia da Covid-19 e traz curadoria de conteúdos de filmes e séries disponíveis em plataformas como a Netflix, Amazon Prime e Globoplay; aplicativo está disponível para sistemas Android e iOS

09:39 | 26/05/2020
Aplicativo traz dicas personalizadas de séries e filmes (Foto: Divulgação/Chippu)
Aplicativo traz dicas personalizadas de séries e filmes (Foto: Divulgação/Chippu)

Quantas vezes você já não passou mais tempo escolhendo o que assistir do que de fato consumindo algum filme ou série na Netflix? Quatro amigos se preocuparam com a situação e criaram o Chippu, aplicativo que reúne uma curadoria personalizada de filmes e séries e economiza o tempo do usuário ao sugerir a próxima atração na tela.

O aplicativo, disponível para Android e iOS, conta com um catálogo de mais de 10 mil produções espalhadas por serviços como Netflix, Amazon Prime Vídeo, Google Play e iTunes. As dicas vêm de duas formas aos usuários: diárias e instantâneas. Os curadores sugerem filmes e séries baseadas nos perfis dos usuários, uma por dia, e mostram onde achar o produto e um motivo para assisti-lo. Mas caso o usuário deseje um filme para um momento específico, basta clicar no botão "Quero uma dica" e o Chippu indica o programa ideal.

Clique na imagem para abrir a galeria

O empresário Thiago Romariz é um dos quatro fundadores da ideia e conta que o intuito é de reunir o que há de melhor nos streamings sem que o usuário precise passar horas procurando por um conteúdo, tempo que poderia ser gasto ao consumir um novo entretenimento."Em tempos de excesso de informações e de conteúdo, acreditamos que a curadoria resolve problemas e economiza o tempo das pessoas".

Segundo Luigi Pedroni, engenheiro envolvido no Chippu, novas tecnologias estão sendo implementadas para tornar as indicações mais humanizadas. "A ideia é evoluir todos os dias para que a interação fique ainda mais natural e menos mecanizada", diz.

O Chippu foi desenvolvido durante a pandemia da Covid-19, no qual as pessoas estão com mais tempo e estão mais isoladas em casa. O consumo de serviços de streaming cresceram 20% do início do ano e, se comparada o período com o ano passado, o crescimento beira aos 80%. Romariz avalia que a doença fez com que os serviços se adaptassem de forma acelerada as mudanças promovidas pelo momento. "No Brasil, se hoje temos Netflix, Amazon, Fox e Globo investindo em plataformas assim, ano que vem teremos Disney, HBO e outras", opina.