PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Amor de Mãe estreia sem vilões e com texto mais rebuscado que A Dona do Pedaço

A novela conta a histórias de três protagonistas, as mães Lurdes (Regina Casé), Thelma (Adriana Esteves) e Vitória (Taís Araújo), que apesar de tão diferentes se cruzam em um ponto comum: o amor pelos filhos.

21:13 | 26/11/2019
(Foto: Reprodução/Amor de Mãe/Globo Play)

A estreia da novela Amor de Mãe, nessa segunda-feira, 25, conseguiu a maior audiência do horário em quatro anos. O primeiro capítulo da trama de Manuela Dias cravou 35,4 pontos na Grande São Paulo, superando pelo menos seis novelas anteriores das 21 horas. 

A novela conta a histórias de três protagonistas, as mães Lurdes (Regina Casé), Thelma (Adriana Esteves) e Vitória (Taís Araújo), que apesar de tão diferentes cruzam suas histórias em um ponto em comum.

Com um texto mais rebuscado e menos raso que o de A Dona do Pedaço, a novela aposta nos acontecimentos da vida como o verdadeiro vilão da trama. Os acasos e imprevistos experimentados são os maiores empecilhos para a felicidade das mães Lurdes, Thelma e Vitória.

A profundidade de texto aparece pelas camadas das personagens, que não ficam presas à dicotomia de boas ou más. As fraquezas são exploradas e fica claro que nenhuma delas é tudo o que se espera de uma mocinha. Ao mesmo tempo, a trama induz o público a entender as motivações das protagonistas, talvez se identificar com aquilo que as movem.

Logo no primeiro capítulo é possível conhecer o passado das protagonistas. Durante uma briga com o marido - que chegou a vender o próprio filho -, Lurdes o vê morrer. Após o fato, ela sai da cidade natal em busca do garoto perdido. Já Vitória é pega de surpresa por um aborto espontâneo, ao sofrer um acidente durante a gravidez do seu primogênito. E por último Thelma, que descobre um aneurisma no dia da formatura do filho.

O primeiro capítulo de Amor de Mãe registrou maior audiência do que: A Dona do Pedaço (32,5 pontos), O Sétimo Guardião (33,3), Segundo Sol (35,2), O Outro Lado do Paraíso (35,1), A Força do Querer (33,1), A Lei do Amor (30,6) e Velho Chico (35,4), que obteve a mesma média. Comparado aos últimos 6 anos, Amor de Mãe supera também A Regra do Jogo (31,5), Babilônia (32,8) e Império (32). A média da nova novela das 21h só não foi maior do que Amor À Vida (35,5).