PUBLICIDADE
Divirta-se
Danos morais

Após susto em aeroporto, idosa processa Nego do Borel em R$ 95 mil

A mulher teria desenvolvido uma taquicardia crônica, controlada apenas com o uso de calmantes

23:00 | 08/11/2018
O episódio, que aconteceu em 2014, foi encaminhado para 7ª Vara Cível de Jacarepaguá. (Foto: Reprodução/Instagram)
 
Nego do Borel estaria sendo processado em R$ 95 mil por uma idosa. De acordo com informações dos portal UOL, Hilda de Britto Champoudry, de 61 anos, teria desenvolvido taquicardia crônica, controlada apenas com o uso de calmantes, após o cantor assustá-la na área de desembarque do aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro. O episódio, que aconteceu em 2014, foi encaminhado para 7ª Vara Cível de Jacarepaguá.  
No processo, advogada da mulher afirma que o funkeiro, utilizando de agasalho com capuz, se atirou sobre Hilda e começou a gritar. Horas depois, vídeo do susto foi publicado nas redes sociais, causando constrangimento à vítima.
 
Assessoria de Nego do Borel afirmou que o caso é antigo e que o cantor ainda não foi notificado pela Justiça. "Não temos conhecimento das alegações e não tem como o Nego falar sobre o assunto".
 
Redação O POVO Online