PUBLICIDADE
Divirta-se
Twitter

Bruna Marquezine nega suposto término com Neymar: "Vocês acreditam em tudo"

Motivo do término seria divergência política

15:33 | 09/10/2018
A atriz Bruna Marquezine desmentiu boato de que o namoro com o jogador Neymar chegou ao fim. Internautas especularam que ela havia mandando uma indireta, após suposto término, em vídeo no Instagram Stories. O motivo da separação seria discordância política. No Twitter, Bruna respondeu comentário de seguidor negando a história. 
  
Em stories publicado por Bruna na noite do domingo, 7, a atriz aparecia sozinha na cama e com suposta cara de choro. Com a cena, a seguinte frase “Entendedores entenderão”. Após isso, internautas começaram a especular o término, que apontaram como causa divergência política. Bruna, que declarou abertamente o voto ao Ciro Gomes (PDT) no primeiro turno da eleição, se posiciona contra Jair Bolsonaro (PSL). O candidato do PSL e Fernando Haddad (PT) disputam a Presidência da República no segundo turno.
  
De acordo com as especulações, Neymar teria curtido posts pró-Bolsonaro recentemente. E Bruna teria curtido uma publicação que dizia “Se seu namorado/marido vota em candidato machista, ele te vê como inferior sim”. Com isso, fãs passaram a supor o término e o motivo. 
  
“Eles terminaram?”, questionou um seguidor no Twitter. “Parece que sim ou alguma coisa grave aconteceu, porque ela estava chorando bastante”, responde outro. “Eu? Onde?”, indagou Bruna. “Desculpa, eu abri o site com todos falando isso e apenas acreditei”, respondeu a segunda internauta. “Esse é o problema, você acreditam em tudo”, reclamou Bruna. “Ô imaginação fértil!”, respondeu a outro comentário. 
 
Redação O POVO Online