Participamos do

Covid: Norte e Cariri têm 8 municípios em alerta "altíssimo", cada

No Ceará, 21 municípios estão em nível de alerta "altíssimo" e 36 em risco "alto", conforme o IntegraSUS, plataforma de acompanhamento de indicadores da Sesa
23:09 | Nov. 10, 2021
Autor Ana Rute Ramires
Foto do autor
Ana Rute Ramires Repórter da editoria de Cidades
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

As Regiões de Saúde de Sobral, no norte do Estado, e do Cariri, ao sul, têm oito municípios em alerta "altíssimo" para a Covid-19, cada. Ambas também têm 13 municípios em alerta "alto" no controle da doença. Ao todo, o Ceará tem 21 cidades classificadas em alerta "altíssimo" e 36 em alerta "alto". Outros 66 municípios estão em nível de risco "moderado" e 61 em risco "baixo". 

Em maio deste ano, durante o pico da segunda onda da Covid-19, o Estado chegou a registrar 183 dos 184 município cearenses em alerta "alto" ou "altíssimo".

Painel como nível de alerta com relação à doença em todo o Ceará é disponível no IntegraSUS, plataforma da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa). Os dados mais recentes são referentes às semanas epidemiológicas (SE) 43 e 44 (24 de outubro a 6 de novembro) e foram extraídos às 15h20min desta quarta-feira, 10.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Entre os critérios para definir a categorização, a secretaria considera cinco indicadores: incidência de casos diários por 100 mil habitantes, internações por causa respiratória, taxa de letalidade da doença, percentual de leitos de UTI ocupados e taxa de positividade em testes RT-PCR. 

A taxa de letalidade, por exemplo, é calculada a partir da divisão do total de óbitos por Covid-19 pelo total de casos confirmados da doença. A risco de cada cidade é definido pelo que está em nível mais alto entre os cinco indicadores.

É importante considerar que, em cenário de indicadores baixos, como observado atualmente no Estado, pequenas diferenças nos números podem representar grandes mudanças percentuais sem signifiquem necessariamente relevância epidemiológica.


  • Municípios em alerta "altíssimo": 21
    Sobral: 8
    Fortaleza: 3
    Sertão Central: 0
    Litoral Leste/Jaguaribe: 2
    Cariri: 8
  • Municípios em alerta "alto": 36
    Sobral: 13
    Fortaleza: 4
    Sertão Central: 1
    Litoral Leste/Jaguaribe: 5
    Cariri: 13

Na região de Sobral, o maior município classificado no nível de alerta mais grave ("altíssimo" ou nível 4) é Santa Quitéria. Isso porque a taxa de letalidade — 33,3% — está na categoria mais grave. A taxa de internações por causa respiratória está em risco "alto" (nível 3) e os demais indicadores, em risco "baixo" (nível 1). 

Conforme o IntegraSUS, um óbito pela infecção foi registrado nas duas semanas. Segundo Adeilton Mendonça, secretário da Saúde do Município, foram registrados novos casos em um distrito localizado a 40 km da sede, mas os casos já estão em queda novamente.

"Estudos epidemiológicos falam que vai ter aumento por localidades. Estourou em um bairro, controlou. Depois, em outra localidade e controlou", diz. Segundo o secretário, a cobertura vacinal é de aproximadamente 80% para primeira dose e cerca de 70% para a segunda dose contra a Covid-19. 

Na região de Sobral, Ararendá, Cariré, Catunda, Guaraciaba do Norte, Ipueiras, Poranga, Quiterianópolis também estão no nível 4 de alerta.

Juazeiro do Norte, município mais populoso do Cariri, integra a lista de alerta mais grave porque a taxa de letalidade da doença é de 7,7%.  A taxa de internações por causa respiratória está em risco "moderado" (nível 2) e os demais indicadores, em risco "baixo".

LEIA TAMBÉM | Covid-19: Barbalha intensifica medidas restritivas após receber alerta "altíssimo"

Por meio da assessoria, a Secretaria Municipal da Saúde informou que há uma tendência decrescente de casos. Foram 101 casos registrados na semana epidemiológica 43 e 71 na 44. "Apresentamos assim, uma média móvel de 14 dias com 14,42 casos/dia e média móvel de 7 dias de 10,14 casos/dia. Ainda nas semanas avaliadas, constata-se apenas a ocorrência de 1 óbito no dia 4 de novembro".

A Prefeitura já aplicou 338.363 doses de imunizantes contra o vírus e alcançou cobertura superior a 50% da população imunizada, segundo nota da assessoria. No Cariri, Altaneira, Barbalha, Ipaumirim, Missão Velha, Salitre, Santana do Cariri e Tarrafas também estão no nível 4 de alerta.


 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags