Participamos do

Ceará segue com ocupação de UTIs abaixo de 40% desde o fim de agosto

Somente uma unidade está com leitos de terapia intensiva para Covid-19 totalmente ocupados: o Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC). Outras quatro registram ocupação igual ou superior a 70%
20:02 | Set. 09, 2021
Autor Leonardo Maia
Foto do autor
Leonardo Maia Estagiário
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Ceará é de 37,72%, de acordo com dados desta quinta-feira, 9, do IntegraSUS, plataforma da Secretaria de Saúde do Estado do Ceará (Sesa). Em relação às enfermarias, a ocupação é de 20,1%. O balanço considera todas as unidades do Estado, tanto da rede pública como privada, que atendem pacientes com Covid-19.

No caso das UTIs, a ocupação se mantém abaixo de 40% pelo menos desde o dia 20 de agosto. Esse cálculo leva em conta que a quantidade de leitos disponíveis para pacientes também vêm caindo, devido a melhora dos índices. No início de abril, por exemplo, o número de equipamentos ativos superava 1,7 mil e a ocupação era de aproximadamente 90%. Nesta quinta-feira, são 334 leitos ativos e menos de 40% ocupados.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Em toda a rede hospitalar do Estado, com 26 unidades com UTIs, somente uma unidade está com a capacidade máxima dos leitos: o Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC), localizado no bairro Rodolfo Teófilo, em Fortaleza, com seis leitos de UTI. Outras quatro unidades têm ocupação igual ou superior a 70%, sendo duas delas de referência regional — o Hospital Regional Norte (HRN) e o Hospital Regional do Sertão Central (HRSC). Mais da metade dos hospitais está com ocupação inferior a 50%.

Em Fortaleza, o Hospital Leonardo da Vinci (HLV), considerado referência para tratamento da doença na federação, está com 17 dos 26 leitos de UTI ocupados (65,4%) e 10 das 25 enfermarias preenchidas por pacientes (40%). Na Capital, quatro pacientes com Covid-19 esperam transferências para leitos, enquanto no Estado o índice é de 14 pessoas.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags