Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Vacinas Covid: EUA estudam dose de reforço por redução da eficácia de Pfizer e Janssen

No Reino Unido tem alta de casos
17:56 | Ago. 15, 2021
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Tipo Notícia

O diretor do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos, Francis Collins, informou, neste domingo, 15, o país deve tomar uma decisão, em até duas semanas, sobre a necessidade de aplicação de uma dose de reforço em pessoas que já foram vacinadas contra o novo coronavírus. Em entrevista à Fox News, Collins admitiu que há preocupações a respeito de uma possível diminuição da eficácia dos imunizantes de Pfizer e Johnson & Johnson (Janssen), usados também no Brasil, além da Moderna. Segundo ele, se isso for confirmado, uma nova campanha de vacinação se iniciaria com profissionais de saúde.

O Reino Unido informou que registrou 26.750 casos de covid-19 entre sábado (14) e este domingo, com 61 mortes. Na última semana, foram confirmados 200.327 diagnósticos positivos da doença no país, um avanço de 4,9% comparado com o período anterior. Diante da alta, o governo pretende começar a vacinar jovens de 16 e 17 anos a partir de 23 de agosto.

Um dos países que mais rapidamente avançaram na vacinação, Israel revelou que o volume de pacientes com casos graves de coronavírus ultrapassou a marca de 500 pela primeira vez. De acordo com o ministério da Saúde local, a maior parte dos registros ocorre entre pessoas que não foram imunizadas.

A China, que nas últimas semana tem enfrentado um surto causado pela variante delta, dá sinais de que a onda está arrefecendo. No sábado, o país asiático reportou 30 casos de transmissão comunitária, o que representa o menor nível em duas semanas. (Com informações da Associated Press).

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Fortaleza vacina quem tem menos de 20 anos: veja listas de segunda, 16, e terça, 17

COVID-19
17:41 | Ago. 15, 2021
Autor Gabriela Custódio
Foto do autor
Gabriela Custódio Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Pessoas com menos de 20 anos já começaram a ser agendadas para a primeira dose da vacina contra a Covid-19 em Fortaleza. Na próxima terça-feira, 17, um total de 23.136 fortalezenses nascidos em 2002 poderão ser vacinados. É o primeiro dia em essa faixa etária será contemplada na vacinação contra a Covid-19. Além deles, a Prefeitura também espera receber outras 6.164 pessoas nascidas em 2001, totalizando 29,3 mil agendados para essa data.

Na segunda-feira, 16, o total de agendados para receber a primeira dose de alguma das vacinas disponíveis na Capital é próximo: 29,1 mil. Entre eles estão pessoas de diferentes faixas etárias. A maioria nasceu na década de 2000 — 2,3 mil em 2000 e 16,9 mil em 2001 —, mas também estão sendo chamadas pessoas nascidas nas décadas de 1960 (306), 1970 (787), 1980 (1,6 mil) e 1990 (7,1 mil).

Ainda na segunda-feira, também há 169 gestantes e puérperas agendadas para receber a primeira dose da vacina. Todas estão previstas para atendimento no Salão Jericoacoara do Centro de Eventos do Ceará, às 9 horas.

>> Confira lista da população em geral agendada (D1) para segunda (16/8)

>> Confira lista de Gestantes e Puérperas agendadas (D1) para segunda (16/8)

>> Confira lista da população em geral agendada (D1) para terça (17/8)

Além de buscar o nome nas listas, é possível conferir o cadastro na plataforma Vacine Já ou no site Coronavírus Fortaleza.

O que levar para a vacinação

No ato da vacinação será necessário, obrigatoriamente, apresentar documento de identidade original com foto, Cartão Nacional de Saúde (CNS) ou CPF e comprovante de endereço no município de Fortaleza, pois serão contemplados apenas residentes da Capital.

Como saber se estou agendado? 

1) Para os fortalezenses, é possível consultar as listas diárias de vacinação publicadas no site Coronavírus Fortaleza e também conferir o cadastro pelo site Vacine Já (vacineja.sepog.fortaleza.ce.gov.br/);

2) No site Vacine Já, digite seu CPF, sua data de nascimento e o código solicitado. A seguir, clique em "Consultar". O sistema vai mostrar seus dados cadastrados e, se o agendamento estiver disponível, vai indicar seu horário e local de vacinação;



3) Quem não reside em Fortaleza deve lembrar que cada município possui uma logística própria de agendamento na vacinação da Covid-19 a partir dos dados do Saúde Digital. Por isso, é importante buscar os canais de comunicação da secretaria municipal de saúde da sua cidade e acompanhar como está o calendário de vacinação onde você mora. Confira no portal da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece) os sites de cada prefeitura do Ceará.

Como fazer o cadastro no Saúde Digital? 

No Ceará, é preciso realizar o cadastro na plataforma Saúde Digital para a vacinação contra a Covid-19. O POVO explica como fazer o cadastro na plataforma.

1) Para se cadastrar, é preciso acessar o site Saúde Digital (vacinacaocovid.saude.ce.gov.br/) e clicar em "Ainda não tenho cadastro";


Cadastro de vacinação no Ceará contra Covid-19.
Cadastro de vacinação no Ceará contra Covid-19. (Foto: Reprodução/Site Saúde Digital)


2) Serão solicitadas informações básicas, como país de origem, CPF, nome completo, data de nascimento, nome da mãe, telefone para contato, sexo, raça/cor e informações profissionais. O fornecimento do Cartão Nacional de Saúde (CNS) é opcional;


Para se cadastrar, é necessário preencher os campos com dados pessoais.
Para se cadastrar, é necessário preencher os campos com dados pessoais. (Foto: Reprodução/ Saúde Digital)


3) A próxima fase pede dados de saúde para identificar se a pessoa faz parte de grupos prioritários. Também é questionado se você teve Covid-19 recentemente;


Na segunda etapa, são perguntadas informações sobre a classificação da pessoa em grupos prioritários.
Na segunda etapa, são perguntadas informações sobre a classificação da pessoa em grupos prioritários. (Foto: Reprodução/ Saúde Digital)


4) A última etapa do processo pede o endereço de residência da pessoa, que servirá de base para o agendamento no município de aplicação da vacina;


Na tela seguinte, é necessário fornecer dados sobre o endereço de residência.
Na tela seguinte, é necessário fornecer dados sobre o endereço de residência. (Foto: Reprodução/ Saúde Digital)


5) Após o preenchimento de todos os dados, será aberta uma página para a confirmação de todos os dados. Nela, a pessoa deve criar uma senha de acesso e informar um e-mail;

6) A Secretaria da Saúde enviará um link de confirmação do cadastro para o e-mail fornecido.

LEIA MAISPasso a passo: como se cadastrar para a vacinação contra a Covid-19 no Ceará

O que fazer se o e-mail de confirmação do cadastro não chegar?

Primeiro, confira todas as caixas do seu e-mail, como "spam" e "lixeira". Caso não encontre a mensagem, a Sesa disponibiliza o telefone gratuito 0800 275 1475 para questionamentos sobre o Cadastro Estadual de Vacinação. No site da Sesa e do Governo do Ceará, está disponível também o assistente virtual "Plantão Coronavírus".

Caso a dúvida seja relacionada à imunização em Fortaleza, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) disponibiliza o número 156.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Anthony Blinken admite surpresa com ritmo do avanço do Taleban no Afeganistão

INTERNACIONAL
15:21 | Ago. 15, 2021
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

No dia em que o Taleban chegou à capital Cabul, capital do Afeganistão, o secretário de Estado dos Estados Unidos, Anthony Blinken, admitiu neste domingo, 15, que o avanço do grupo fundamentalista aconteceu de forma "mais rápida que o esperado", mas rejeitou comparações com o final da Guerra do Vietnã. "Isso não é Saigon", afirmou durante entrevista à CNN, em referência ao antigo nome da capital vietnamita, palco de uma semelhante retirada às pressas de tropas americanas em 1975.

Blinken defendeu a decisão do presidente dos EUA, Joe Biden, de encerrar a presença do país no Afeganistão. Segundo ele, quando iniciou a campanha militar, há 20 anos, os objetivo de Washington era garantir justiça pelos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001. "E fomos bem-sucedido nessa missão", disse, referindo-se à morte do antigo chefe da Al-Qaeda Osama Bin Laden.
O secretário afirmou também que manter as tropas no país do Oriente Médio por mais cinco anos seria contrário aos interesses nacionais americanos. Para ele, o Afeganistão não se tornará um "viveiro" de terroristas, sob o domínio do Taleban. "Temos tremendamente mais capacidade do que antes do 11 de setembro no que diz respeito ao contraterrorismo", assegurou.
Em uma outra entrevista neste domingo, ao programa Meet the Press, da NBC, Blinken relatou que os EUA "foram claros" com o Taleban de que qualquer eventual ataque a americanos encontrará uma "resposta decisiva".
Já à ABC, o chefe da diplomacia americana deixo em aberto a possibilidade de a comunidade internacional reconhecer um governo liderado pelo Taleban. "Eles têm que tomar essa decisão, mas é do seu próprio interesse se eles realmente buscam aceitação, reconhecimento internacional; se querem apoio, se querem o levantamento das sanções - tudo isso exigirá que defendam os direitos básicos, os direitos fundamentais", pontuou.
Anúncio
Um integrante do Taleban disse no início da tarde deste domingo (pelo horário de Brasília) que o grupo deve declarar, em breve, do palácio presidencial na capital Cabul, a retomada do Emirado Islâmico do Afeganistão. Esse era o nome do país sob o controle taleban antes de o grupo ser deposto pelas forças lideradas pelos Estados Unidos.
Além disso, a Embaixada dos Estados Unidos disse que foi reportado fogo no aeroporto de Cabul. Funcionários e cidadãos dos diversos países com operações no Afeganistão estavam sendo levados para o local, em preparação para a retirada do país.
"Há relatos de que o aeroporto pegou fogo e estamos instruindo os cidadãos dos EUA a se abrigarem no local. A Embaixada dos Estados Unidos no Afeganistão suspendeu as operações consulares com efeito imediato. Não venha para a embaixada ou aeroporto neste momento", informou.
A embaixada disse ainda ter recebido relatos de tiros no aeroporto. "A situação da segurança em Cabul está mudando constantemente e as condições no aeroporto estão se deteriorando rapidamente", afirmou a Embaixada em um comunicado. Fonte: Associated Press.
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Cantor Zeca Pagodinho é internado com Covid-19 no Rio de Janeiro

covid-19
15:08 | Ago. 15, 2021
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O cantor Zeca Pagodinho foi internado no último sábado, 14, com sintomas de Covid- 19 no Rio de Janeiro. Segundo o G1, o artista está na Casa de Saúde São José, no Humaitá, na Zona da cidade. De acordo com informações da unidade, Zeca está com sintomas leves.

“O paciente apresenta bom estado geral, com sintomas leves, sem necessidade de suporte de oxigênio”, escreve a nota. A medida foi pedida pelo médico que acompanha Zeca para melhor monitoramento do quadro, mas o artista estaria bem e interagindo com a equipe médica.

LEIA MAIS| Ao lado da filha, Zeca Pagodinho dança trend do Tik Tok

Zeca Pagodinho tem 62 anos e já tomou as duas doses da vacina contra a Covid-19. A segunda dose foi aplicada no começo de julho e o artista compartilhou a animação para completar o esquema de imunização.

Ainda em julho, Zeca publicou um texto fazendo um apelo para que as pessoas se vacinem. "Todo mundo deve se vacinar com a vacina que estiver disponível no posto. E, enquanto o vírus, não estiver sob total controle, também temos que nos cuidar", pede a publicação.  

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Mais de 200 milhões de doses de vacinas foram distribuídas no Brasil

Saúde
14:38 | Ago. 15, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Mais de 200 milhões de doses de vacinas já foram distribuídas a estados e municípios, para o combate à covid-19. O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em sua conta no Twítter.

Queiroga salientou que esse número revela que o país tem uma das maiores campanhas de imunização do mundo. E disse que essa marca é resultado de muito trabalho do governo federal, e prometeu a imunização total até o final deste ano.

A próxima meta apresentada pelo Ministério da Saúde é de vacinar toda a população acima de 18 anos até o final de setembro, com a primeira dose. Outro dado apresentado pela pasta aponta que o Brasil registrou o menor índice de ocupação de leitos de covid nas primeiras semanas de agosto, ficando abaixo de 80%. A média móvel de mortes pelo coronavírus também caiu, com menos de mil casos diários nos últimos dez dias.

Os números mais recentes do Painel da Vacinação do Ministério da Saúde registram quase 202,6 milhões de doses distribuídas para os governos estaduais. Desse total, cerca de 185 milhões de doses já chegaram aos municípios.

Quanto às vacinas aplicadas no braço dos brasileiros, o número supera os 152 milhões. Mais de 114 milhões, da primeira dose, o que equivale a quase 72% da população com mais de 18 anos. Já a segunda dose, ou a dose única, que significa a imunização completa, chegou a quase 50 milhões de pessoas, ou 31% da população adulta.

Em números absolutos, a liderança é do estado de São Paulo, que também é o mais populoso. Foram quase 43,8 milhões de doses aplicadas, o que resulta em mais de 90% da população com pelo menos uma dose recebida. Em número de vacinas aplicadas proporcionalmente à população, a liderança é de Mato Grosso do Sul, seguido pelo Rio Grande do Sul, São Paulo, Espírito Santo e Santa Catarina.

E até a próxima terça-feira (17), o Ministério da Saúde vai distribuir mais 10,4 milhões de vacinas da covid-19 em todo o país, que chegaram nesse fim de semana. Do total, são 5,4 milhões de doses Pfizer/BionTech, três milhões da AstraZeneca/Fiocruz e dois milhões da Coronavac, produzidas pelo Instituto Butantan.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Projeto em Paquetá aplica segunda dose em moradores

Saúde
11:18 | Ago. 15, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Os moradores da Ilha de Paquetá, no Rio de Janeiro, que participam do projeto "PaqueTá Vacinada" recebem hoje (15) a segunda dose das vacinas contra a covid-19. Com a nova etapa da pesquisa, a ilha, localizada no interior da Baía de Guanabara, será o primeiro bairro carioca a ter sua população totalmente imunizada com as duas doses.

O projeto da Secretaria Municipal de Saúde do Rio conta com pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que vão estudar questões como o impacto da imunização na circulação do vírus, a efetividade da vacina e a proteção das pessoas não vacinadas. 

Além da vacinação, a pesquisa conta com monitoramento sorológico dos moradores, e mais de 2,3 mil exames foram coletados antes da vacinação. Segundo a secretaria, antes da primeira dose da vacina ser aplicada nos voluntários do projeto, 40% dos adultos não vacinados e 90% dos já vacinados testaram positivo para a presença desses anticorpos. Entre as crianças e adolescentes testados, 21% já tinham anticorpos por terem sido expostos ao vírus.

A vacinação em massa da população começou em 20 de junho, quando foi atingido o percentual de 96% de adultos com a primeira dose. Em 25 de julho, os adolescentes de 12 a 17 anos também receberam a primeira dose, e a adesão foi de 95%.

Os adultos receberam a vacina AstraZeneca, que é produzida na Fiocruz. Já os adolescentes receberam a Pfizer, a única autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para essa faixa etária. 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags