PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Ministério da Saúde autoriza implantação de 10 leitos de UTI em Aracati

Serão os primeiros equipamentos de terapia intensiva da Área Descentralizada de Saúde de Aracati. Até a medida, apenas leitos de enfermaria atendiam a população local. Outros 13 estados brasileiros também foram beneficiados

Leonardo Maia
16:28 | 02/07/2021
A unidade que irá receber os novos leitos de UTI conta com 29 leitos ativos de enfermaria, conforme dados do IntegraSUS (Foto: Reprodução/Google Maps)
A unidade que irá receber os novos leitos de UTI conta com 29 leitos ativos de enfermaria, conforme dados do IntegraSUS (Foto: Reprodução/Google Maps)

O Ceará terá dez novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) autorizados pelo Ministério da Saúde em Aracati, Litoral Leste, no Hospital Municipal Dr. Eduardo Dias. Serão investidos R$ 480 mil mensais para o custeio do equipamento, que auxiliará no combate ao novo coronavírus na região. A portaria que autorizou a medida foi publicada no Diário Oficial da União na última terça-feira, 29.

Com a medida, serão implantados os primeiros leitos de UTI da Área de Saúde Descentralizada de Aracati, que inclui outros três municípios — Fortim, Icapuí e Itaiçaba. A região possui 34 leitos de enfermaria para atender a população contra a Covid-19, de acordo com dados do IntegraSUS, plataforma da Secretaria da Saúde do Ceará, às 14h02min desta sexta-feira, 2.

No total, 646 leitos de UTI foram autorizados pela pasta federal para funcionar no Estado e em outras 13 federações. Serão repassados cerca de R$ 27,4 milhões, valor referente ao mês de junho deste ano. A autorização dos leitos acontece a partir da demanda dos estados, especialmente devido ao atual cenário de emergência, e são ofertados recursos financeiros e auxílio técnico para o combate da doença.

Neste ano, a administração federal já destinou R$ 7,33 bilhões para a autorização de 24,5 mil leitos. Dentre os critérios para a aprovação, o governo federal avalia a curva epidemiológica do coronavírus na região, assim como a capacidade para manutenção e funcionamento da UTI. Em maio, o Ministério da Saúde autorizou a abertura de 664 leitos na mesma modalidade.