PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Primeiro-ministro de Luxemburgo testa positivo para Covid-19

Bettel "atualmente apresenta sintomas leves (febre, dor de cabeça), mas continuará desempenhando as suas tarefas e funções no teletrabalho", destaca comunicado

17:16 | 27/06/2021
O primeiro-ministro de Luxemburgo, Xavier Bettel  (Foto: JOHN THYS / POOL / AFP)
O primeiro-ministro de Luxemburgo, Xavier Bettel (Foto: JOHN THYS / POOL / AFP)

O primeiro-ministro de Luxemburgo, Xavier Bettel, se isolará por dez dias após testar positivo para Covid-19, anunciou seu gabinete em um comunicado.

O governante de 48 anos, que recebeu apenas uma dose da vacina até agora, participou na quinta e sexta-feira de uma reunião de cúpula europeia em Bruxelas, mas nenhum dos outros 26 líderes da UE é considerado um caso de contato.

De acordo com as regras luxemburguesas, as pessoas que passaram mais de 15 minutos a menos de dois metros de distância e sem máscara são consideradas "contatos próximos" do paciente.

Mas "os gestos de barreira foram respeitados" nos dois dias da cúpula, disse uma porta-voz do primeiro-ministro à AFP.

"Nenhum chefe de Estado ou Governo está na lista de contatos próximos do primeiro-ministro", acrescentou.

Bettel "atualmente apresenta sintomas leves (febre, dor de cabeça), mas continuará desempenhando as suas tarefas e funções no teletrabalho", destaca o comunicado.

O líder liberal recebeu a primeira injeção da vacina AstraZeneca em 6 de maio.

Nesse país de cerca de 600 mil habitantes, as autoridades de saúde registraram 70,6 mil casos de coronavírus e 818 mortes desde o início da pandemia.

 

pso/mad/mm/eg/mis/ap