Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Vacinação em Fortaleza: confira listas de agendados de segunda, 14, a sexta, 18

SMS adiantou listas de vacinação de segunda-feira, 14, até sexta-feira, 18. Pessoas com 45 a 59 anos serão contempladas nesta semana
Autor - Mateus Brisa
Foto do autor
- Mateus Brisa Estagiário
Tipo Notícia

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), adiantou as listas nominais dos agendados para a vacinação contra a Covid-19 do dia 14 de junho, segunda-feira (14/06), até dia 18, sexta-feira (18/06). Nesta semana, pessoas com 45 a 59 anos estão agendadas para receber o imunizante. No site Coronavírus Fortaleza, é possível conferir a listagem separada por dias. Clique abaixo para acessar os PDFs:

Vacinação em Fortaleza para população geral (45 a 59 anos):

- Segunda-feira, 14 de junho (14/06) Clique aqui para baixar o PDF.

- Terça-feira, 15 de junho (15/06) Clique aqui para baixar o PDF.

- Quarta-feira, 16 de junho (16/06) Clique aqui para baixar o PDF.

- Quinta-feira, 17 de junho (17/06) Clique aqui para baixar o PDF.

- Sexta-feira, 18 de junho (18/06) Clique aqui para baixar o PDF.

LEIA TAMBÉM | Vacinação em Fortaleza: confira listas de agendados de terça a domingo, 8 a 13 de junho (08/06 a 13/06)

A vacinação ocorrerá na modalidade drive-thru e nas salas de acolhimento em 11 centros de vacinação da Capital (Centro de Eventos, Arena Castelão, shoppings RioMar Fortaleza e RioMar Kennedy, Sesi Parangaba, North Shopping Jóquei e nos Cucas Barra, Jangurussu, José Walter e Mondubim). No Centro de Eventos, as salas de acolhimento serão nos salões Pecém, Taíba e Jericoacoara. Os pontos de vacinação da Rede Cuca não funcionam nos fins de semana.

Excepcionalmente no sábado, 12, três policlínicas e 60 postos de saúde vacinarão a população agendada. Todos os agendados devem devidamente cadastrados através do site Saúde Digital. Para ter acesso ao imunizante, é necessário apresentar no ato da convocação os seguintes documentos:

- Trabalhadores portuários, de transporte aéreo, da educação básica e profissionais da segurança

- Documento oficial com foto;
- CPF;
- Cartão Nacional de Saúde (CNS);
- Comprovante de endereço residente em Fortaleza;
- Comprovante de exercício da profissão, como contracheque, carteira de trabalho, contrato de trabalho ou declaração impressa do estabelecimento em que atua;
- Declaração de compromisso de retorno às aulas presenciais.

População em geral


- Documento oficial com foto;
- CPF;
- Cartão Nacional de Saúde (CNS);
- Comprovante de endereço residente em Fortaleza.

Pessoas com comorbidades

- Documento oficial com foto;
- CPF;
- Cartão Nacional de Saúde (CNS);
- Comprovante de endereço residente em Fortaleza;
- Atestado Médico ou Relatório Médico ou prescrição Médica.

Locais de vacinação


- Drive-thru e salas de acolhimento para vacinação
, para atender tanto os idosos que dispõem de carro como os que utilizam outros meios de transporte:

Arena Castelão
Centro de Eventos

- Salas de acolhimento para vacinação:

Cuca Barra (atendendo agendados apenas de segunda a sexta-feira)
Cuca Jangurussu (atendendo agendados apenas de segunda a sexta-feira)
Cuca José Walter (atendendo agendados apenas de segunda a sexta-feira)
Cuca Mondubim (atendendo agendados apenas de segunda a sexta-feira)
North Shopping Jóquei
Centro de Eventos (salões Pecém, Taíba e Jericoacoara)
Shopping RioMar Fortaleza (Papicu)
Shopping RioMar Kennedy
Sesi Parangaba

- Postos de saúde

Regional de Saúde I
Casemiro Filho (Av. Francisco Sá, 6449 – Barra do Ceará)
Airton Monte (Rua Alberto Oliveira, s/n – Jardim Iracema)
Zenirton Pereira (R. José Roberto Sáles, 475 – Barra do Ceará)
Virgílio Távora (Av. Mons. Hélio Campos, s/n – Cristo Redentor)
Guiomar Arruda (Rua Gal. Costa Matos, 06 – Pirambu)
Maria Aparecida (Av. K, 915 – Vila Velha)

Regional de Saúde II
Aida Santos e Silva (Rua Trajano de Medeiros, 813 – Vicente Pinzón)
Benedito Arthur de Carvalho (Rua Jaime Leonel, 228 – Lucianos Cavalcante)
Frei Tito (Rua José Cláudio Costa Lima, 100 – Praia do Futuro)
Irmã Hercília (Rua Frei Vidal, 1821 – São João do Tauape)
Rigoberto Romero (Avenida Alameda das Graviolas, 195 – Cidade 2000)

Regional de Saúde III
Anastácio Magalhães (Rua Delmiro de Farias, 1679 - Rodolfo Teófilo)
Meton de Alencar (Rua Perdigão Sampaio, 820 - Antônio Bezerra)
Mariusa Silva de Sousa (Rua Araça, s/n - Bonsucesso)
Waldemar Alcântara (Rua Silveira Filho, 903 - Jockey Clube)
Licínio Nunes (Rua 06, s/n – Quintino Cunha)
Gilmário Mourão Teixeira (Rua Pernambuco, 1674 – Pici)

Regional de Saúde IV
Francisco Monteiro (Av. Dos Eucaliptos, s/n - Dendê)
Gothardo Peixoto F. Lima (Rua Irmã Bazet, 153 – Damas)
Antônio Ciríaco de Holanda (Rua Gomes Brasil, 555 – Parangaba)
Dom Aloísio Lorscheider (Rua Betel, 1895 – Itaperi)
José Valdevino (Rua Guará, s/n – Itaoca)

Regional de Saúde V
Parque São José (Rua Des. Frota, s/n – Parque São José)
Fco. Edmilson Pinheiro (Av. H, 2191 – Granja Lisboa)
Régis Jucá (Av I, 618 – Mondubim)
Luciano Torres de Melo (Rua Delta, 365 - Manoel Sátiro)
Ronaldo Albuquerque (Av I, s/n - Conj. Ceará/Genibaú)
Dr. João Pessoa (Rua Rubi, s/n - Jardim Jatobá)
Maciel de Brito (Av. A, s/n - 1ª Etapa – Conjunto Ceará)
Siqueira (Av. Eng. Luís Montenegro, 485 – Siqueira)
Regina Maria da Silva Severino (Rua Itatiaia, 889 – Canidezinho)

Regional de Saúde VI
Jangurussu (Rua Estrada do Itaperi, 146 - Passaré)
Edmar Fujita (Av. Alberto Craveiro,1480 - Boa Vista)
Mattos Dourado (Av. Des. Floriano Benevides, 391 - Edson Queiroz)
César Cals de Oliveira (R.Capitão Aragão, 555 - Alto da Balança)
Luís Franklin (Rua Alexandre Vieira, s/n - Coaçu)
João Hipólito (Rua 03, nº 88 - Dias Macêdo)
Dr. Acrísio Eufrasino de Pinho (Cruzamento das ruas 12 e Palmeiras dos Índios – Pedras)
Osmar Viana (Av. Chiquinha Gonzaga, s/n – Jangurussu)
Waldo Pessoa (Rua Capitão Hugo Bezerra, 75 – Barroso)

- Policlínicas - atendendo agendados apenas no sábado (5/06):

Policlínica Dr. Luiz Carlos Fontenele - Av. Juscelino Kubischeck, 5495 – Passaré
Policlínica Dr. Lusmar Veras Rodrigues - Av. Lineu Machado, 155 - Jóquei Clube (anexo do Hospital da Mulher)
Policlínica Dr. José Eloy da Costa Filho - Av. Osório de Paiva, 2466 – Bonsucesso

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Covid-19: Varjota monitora três casos suspeitos de variante Delta

Coronavírus
23:23 | Ago. 04, 2021
Autor Gabriela Almeida
Foto do autor
Gabriela Almeida Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

O município de Varjota, a 272,7 km de Fortaleza, monitora três casos de pacientes que vieram recentemente do Rio de Janeiro e testaram positivo para Covid-19. Por serem provenientes da cidade carioca, há suspeitas de que o trio possa estar infectado por uma variante do coronavírus, entre elas a Delta. Informações iniciais foram divulgadas pela Secretaria da Saúde municipal, em publicação nas redes sociais nesta quarta-feira, 4. Órgão monitora casos e aguarda resultados de exames.

Em publicação, a pasta afirmou que foram notificados 28 pacientes com a doença pandêmica na cidade somente nos últimos três dias. Dentre eles, três são suspeitos de estarem infectados com a variante delta, que é mais transmissível do que a cepa original e chegou ao Ceará na última semana. 

"Os pacientes são provenientes da cidade do Rio de Janeiro e estão sendo monitorados pela Secretaria de Saúde. Exames nos familiares serão realizados nos próximos dias. A pandemia não acabou e agora mais do que nunca precisamos ser mais vigilantes", destacou ainda o órgão em postagem.

LEIA MAIS | Perdeu a segunda dose da vacina da Covid em Fortaleza? Saiba onde se vacinar

Procurada pelo O POVO, a pasta explicou que a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) deu orientações para que todo paciente que venha do Rio de Janeiro, ou de estados como o Rio Grande do Sul, com sintomas de Covid-19 façam exames para a identificação da variantes. Isso porque as Unidades Federativas já têm casos de cepas. Só no estado carioca a Delta já se alastrou significativamente.

Em razão disso, os pacientes de Varjota que chegaram do Rio e testaram positivo tiveram exames enviados para laboratórios, onde será feito um sequenciamento que vai identificar se o vírus é ou não uma variante. Por meio de ligação, a Sesa informou que a orientação é um protocolo de monitoramento, parte do trabalho que está sendo realizado em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) Ceará.

A pasta estadual ainda destacou que são considerados suspeitas de infecção por Delta todas as pessoas que chegaram de estados como os citados acima e que apresentaram sintomas da doença. No entanto, existe também a possibilidade de que as infecções sejam por outras cepas ou até mesmo pela original, frisando que não há necessidade de se criar um alarme em decorrência de suspeitas por esse motivo.

Varjota não havia, até a tarde de hoje, confirmado a entrada da cepa na região. Segundo boletins de monitoramento, desde o inicio da pandemia no Estado até essa terça-feira, 3, a cidade de Varjota acumula 2.749 casos da doença, 45 óbitos e 2.515 casos de pessoas que se recuperaram da patologia.

Casos da variante no Ceará

Se os exames realizados derem positivos para a Delta, o Ceará terá nove casos da cepa confirmados - todos de pessoas provenientes do Rio de Janeiro. Isso porque as quatro primeiras infecções foram identificadas na ultima quinta-feira, 29, em passageiros de voos que vieram do estado carioca para Fortaleza. Dentre eles, três mulheres e um homem, com idades entre 22 e 26 anos.

Quase uma semana depois dos primeiros casos, nessa segunda-feira, 2, mais dois passageiros que estavam nesse voos tiveram um resultado positivo para a cepa. Segundo o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), os novos casos foram detectados em uma viajante de 22 anos, moradora de Jaguaretama, e em um residente de Ipueiras, de 20 anos. 

A Delta é considerada uma cepa de preocupação pela Organização Mundial da Saúde (OMS), por ser mais transmissível do que a original. No Ceará, especialistas apontam uma possibilidade da variante fazer uma combinação com a gama (P.1), que surgiu no Amazonas, e ficar ainda mais resistente.

O monitoramento da entrada da cepa no Estado é feito a partir de um trabalho da Sesa com a Rede Genômica da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) Ceará. Além de barreiras sanitárias nas rodovias, também foi instalado um Centro de Testagem no Aeroporto Pinto Martins, em Fortaleza, para realizar exames nos viajantes que chegam a Unidade Federativa.

Confira publicação:

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

EUA enfrentam pressão crescente para permitir viajantes europeus

INTERNACIONAL
22:25 | Ago. 04, 2021
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A principal representante da União Europeia pediu aos Estados Unidos que revogassem sua proibição a viajantes do bloco, instando o governo do presidente Joe Biden a agir dentro de semanas para igualar a abertura da Europa aos americanos.
Comentários da presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, que foram publicados na mídia alemã na quarta-feira, sinalizam um risco crescente de que os viajantes dos EUA possam ser novamente proibidos de visitar a Europa por causa da pandemia de covid-19.
A UE recomendou em junho que os estados membros deveriam permitir viagens não essenciais para americanos vacinados e não vacinados. A decisão final cabe às autoridades nacionais. Autoridades da UE revisam as listas de acesso ao bloco a cada duas semanas. Com o aumento do número de casos nos EUA por causa da disseminação da variante delta, há uma possibilidade crescente de que viajantes não vacinados sejam novamente proibidos antes do final do verão do Hemisfério Norte, disseram diplomatas da UE.
Além disso, há uma pressão crescente dos estados membros, incluindo a Alemanha, para proibir todos os visitantes não essenciais dos EUA se o governo Biden não abrir as fronteiras dos EUA aos europeus.
"Precisamos resolver esse problema o mais rápido possível e estamos em contato com nossos amigos americanos", disse von der Leyen. "Isso não pode se arrastar por semanas".
Um funcionário da Casa Branca disse na quarta-feira que o governo está mantendo suas restrições de viagens porque a variante delta está se espalhando e os casos de covid-19 estão aumentando nos EUA.
Fonte: Dow Jones Newswires.
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ministérios publicam diretrizes para retorno às aulas presenciais

Educação
20:10 | Ago. 04, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Os ministérios da Saúde e da Educação assinaram portaria hoje (4) com orientações para o retorno às aulas presenciais, suspensas com a pandemia de covid-19. A norma não obriga os estados e instituições federais, que possuem autonomia para definir seus calendários e a manutenção ou não do regime de ensino remoto.

Entre as recomendações para evitar a disseminação do novo coronavírus está o uso de máscaras por estudantes e profissionais que atuam nas unidades de ensino e higienização das mãos com água e sabão ou com álcool em gel. No caso das máscaras, a indicação é que haja unidades suficientes para trocar a cada três horas (máscara de tecido) ou quatro horas (máscara cirúrgica).

Também é sugerido um distanciamento mínimo de 1 metro entre as pessoas. Áreas comuns devem ser evitadas, como bibliotecas, pátios e quadras. As refeições devem ser feitas nas salas, e não nos refeitórios.

Os horários de chegada e saída, bem como o intervalo, devem ser escalonados, para evitar concentração de alunos nos corredores e nos pontos de acesso a cada unidade escolar. Não é recomendável a autorização da entrada de pessoas externas à escola.

O documento orienta que os alunos não utilizem o bebedouro, preferindo levar água de casa. Também deve-se evitar o compartilhamento de materiais. O guia dos ministérios coloca a importância de evitar aglomerações, tanto nas escolas quanto após as aulas.

As gestões de cada unidade de ensino devem reforçar a higienização das escolas e de seus espaços. Professores e gestores devem buscar manter os ambientes ventilados, com portas e janelas abertas.

Se um estudante demonstrar sintomas de covid-19, deve procurar um posto de saúde. Os pais ou responsáveis devem avisar a escola nessas situações. A notificação também vale para o caso de o aluno ter contato com alguém que testou positivo para o novo coronavírus.

O guia de retorno às aulas do Ministério da Saúde coloca a importância de uma comunicação constante entre gestores, trabalhadores da educação, estudantes e familiares como forma de divulgar as ações de prevenção e facilitar a sua execução.

Ouça na Radioagência Nacional:


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

BC: no cenário externo, evolução da variante Delta adiciona risco à recuperação

ECONOMIA
19:35 | Ago. 04, 2021
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central alertou nesta quarta-feira, 4, que a evolução da variante Delta de covid-19 adiciona risco à recuperação da economia global. O colegiado elevou a Selic (a taxa básica de juros) em 1,00 ponto porcentual, de 4,25% para 5,25% ao ano, e já sinalizou um novo aumento de mesma magnitude na próxima reunião, em setembro.
"O Comitê avalia que, a despeito dos movimentos recentes nas curvas de juros, ainda há risco relevante de aumento da inflação nas economias centrais. Ainda assim, o ambiente para países emergentes segue favorável com os estímulos monetários de longa duração, os programas fiscais e a reabertura das principais economias", acrescentou o BC, sobre o cenário externo.
Já no ambiente doméstico, o Copom limitou-se a comentar que os indicadores recentes continuam mostrando evolução positiva e não ensejam mudança relevante no cenário de recuperação robusta do crescimento econômico ao longo do segundo semestre.
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Covid: teste rápido desenvolvido pela Uece possibilita resultado em 5 minutos

Coronavírus
19:30 | Ago. 04, 2021
Autor Gabriela Almeida
Foto do autor
Gabriela Almeida Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

O Laboratório de Biotecnologia e Biologia Molecular da Universidade Estadual do Ceará (LBB/Uece) desenvolveu um teste rápido e de baixo custo para diagnóstico da SARS-CoV-2, o vírus causador da Covid-19. Feito a partir da coleta de saliva ou secreções nasais, o exame possibilita um resultado em até cinco minutos. Informações foram divulgadas no site da Uece, nesta quarta-feira, 4.

De acordo com a publicação, o teste é tão eficaz quanto o RT-PCR, exame que apresenta um custo elevado. “O teste desenvolvido na Uece poderá ser aplicado em crianças ou em pessoas, inclusive, à beira do leito. Basta pegar uma gotinha de saliva para fazer o teste. O método também é ideal para fazer triagem e monitoramento em grandes eventos, como as Olimpíadas, por exemplo", explicou em publicação a coordenadora do LBBM/Uece, Izabel Florindo Guedes.

LEIA MAIS | Vacinação em Fortaleza: confira lista de agendados para quarta, (04/08), e quinta (05/08)

+ Perdeu a segunda dose da vacina da Covid em Fortaleza? Saiba onde se vacinar

Ainda conforme postagem, a ideia do exame veio durante a realização de outras pesquisas, que analisam a "prevalência da Covid-19 em crianças, adolescentes e adultos em situação de educação remota pela rede municipal de ensino em Fortaleza". Isso porque foi realizando essas análises que os pesquisadores ouviram dos participantes reclamações sobre o preço dos testes de identificação da doença.

Além do valor, as famílias que participaram das pesquisas afirmaram que os testes eram "incômodos" e os resultados "demoravam muito" para sair. Os integrantes do LBB ouviram os relatos e decidiram criar um teste mais rápido, que tivesse um custo baixo e fosse mais confortável que os demais.

Fase final de elaboração

Sem exigir "mão de obra extremamente qualificada", o teste criado pela instituição poderá ainda ser utilizado em locais como escolas - não sendo dessas forma usado apenas em laboratórios. Luiz Francisco Wemmenson, pesquisador do LBBM falou na postagem sobre a fase em que a criação se encontra.

“Foi feita a maioria dos testes em bancada. Infere-se, dessa avaliação, o fato de que o modelo se mostrou de alta sensibilidade e elevada especificidade. Já estamos em fase final de elaboração da redação para pedido de patente e, no momento, estamos escrevendo projeto para conseguir financiamento e aprovação do Comitê de Ética para validação clínica", destacou o representante.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags