Participamos do

Vacinação em Fortaleza: professores de autoescola e cursos de idiomas não estão inseridos

Por ora, os grupos não estão contemplados por não estarem inclusos como grupos prioritários da quarta fase de imunização
12:00 | Jun. 01, 2021
Autor Marília Freitas
Foto do autor
Marília Freitas Estagiária do O POVO Online
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) informou que professores de autoescola e de cursos de idiomas não estão inclusos como grupos prioritários da quarta fase de imunização contra a Covid-19. Segundo a coordenadora das Regionais em Saúde, Fabiana Sales, por ora o grupo não está contemplado. Informação foi reforçada em transmissão diária da pasta na manhã desta terça-feira, 1º.

"Conforme o plano operacional de imunização, é para vacinar professores e funcionários de escolas públicas e privadas de ensino básico, ensino fundamental, ensino médio, profissionalizantes e EJA, e ensino superior. Portanto, nesse momento, os professores de autoescola e de idiomas não estão contemplados", reforçou a titular.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

De acordo com o Plano Nacional de Vacinação contra a Covid-19, feito pelo Ministério da Saúde, são inclusos como profissionais da educação os trabalhadores do Ensino Básico (creche, pré-escolas, ensino fundamental, ensino médio, profissionalizantes e EJA) - totalizando 2.707.200 de pessoas em todo o Brasil - e Trabalhadores da Educação do Ensino Superior - um total de 719.818 profissionais em todo o País. Os planos Estadual e Municipal de imunização seguem o proposto pelo Ministério. 

Sob expectativas, a capital cearense poderá começar a vacinar população geral a partir da próxima semana. Nesta terça-feira, será realizada uma reunião entre os municípios e o Estado para definir o seguimento da campanha de vacinação. Em paralelo, o Ministério da Saúde autorizou o começo da vacinação da população geral, de maneira escalonada e por faixas etárias decrescentes.

A vacinação segue na quarta fase, prioritariamente entre profissionais da educação ativos, pessoas em situação de rua e profissionais da segurança pública. Um total de 622.834 D1 (primeira dose) já foram aplicadas na capital cearense. Outras 324.111 D2 (segunda dose) também foram aplicadas em Fortaleza. Município se aproxima da marca de um milhão de doses aplicadas.

Diversos pontos da Capital estão vacinando pessoas devidamente agendadas ou idosos com mais de 60 anos que ainda não foram agendados ou perderam a aplicação de D1 ou D2. Confira aqui os agendados para 1º de junho (01/06). Segundo pontuou Fabiana, a imunização de grupos da primeira, segunda e terceira fase segue simultaneamente.

Será necessário apresentar no ato de vacinação, obrigatoriamente, um comprovante de exercício da profissão (contracheque, carteira de trabalho, contrato de trabalho ou declaração impressa do estabelecimento em que atua). Também será necessário levar de forma impressa a declaração de compromisso de retorno às aulas presenciais e documento de identidade original com foto, além de comprovante de residência no município de Fortaleza.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags