Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Trabalhadores portuários e do transporte aéreo serão vacinados contra Covid-19

As vacinas começaram a ser distribuídas ao estados a partir da madrugada desta quarta-feira

De acordo com anúncio feito nesta terça-feira, 25, os trabalhadores portuários e do transporte aéreo começarão a ser imunizados contra a Covid-19. O comunicado foi feito durante reuniões virtuais pelos secretários-executivos do Ministério da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, e do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz. Estima-se que cerca de 150 mil trabalhadores dessas categorias serão contemplados.

LEIA TAMBÉM | 231,5 mil doses da AstraZeneca chegam ao Ceará nesta madrugada

Segundo o anúncio, as vacinas começam a ser distribuídas aos estados a partir da madrugada desta quarta-feira, 26, e aplicadas de acordo com a logística que vem sendo implantada por cada estado e município. A primeira etapa vai atender 100% dos trabalhadores portuários e 78% de pessoas ligadas ao transporte aéreo.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O grupo de portuários abrange neste momento funcionários das autoridades portuárias, funcionários de operadores (arrendatário ou autorizatário) e trabalhadores avulsos. Já no setor de aviação receberão a vacina funcionários de aeroportos, de companhias aéreas e de empresas prestadoras de serviços

No Ceará, a categoria de transporte aéreo já faz parte da fase 4 do Plano de Operacionalização da Vacinação. No entanto, a Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa) ainda não comunicou sobre a inclusão dos trabalhadores portuários na próxima etapa de vacinação. Atualmente, o Ceará busca priorizar a imunização de pessoas com deficiência permanente grave e com morbidades.

A 4ª fase irá atender aos seguintes públicos no Estado:

  • População privada de liberdade
  • Funcionários do sistema de privação de liberdade
  • Forças de segurança e salvamento
  • Forças Armadas
  • Trabalhadores de Educação do Ensino Básico
  • Trabalhadores de Educação do Ensino Superior
  • Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros
  • Trabalhadores de transporte metroviário e ferroviário
  • Trabalhadores de transporte aéreo
  • Trabalhadores de transporte aquaviário
  • Caminhoneiros
  • Trabalhadores industriais

Segundo o secretário-executivo do Ministério da Infraestrutura, é esperado que dentro de 48 horas as secretarias estaduais e municipais já possam vacinar esses trabalhadores. De acordo com o Ministério da Saúde, os dois grupos beneficiados receberão doses extras de vacinas da AstraZeneca, produzidas pela Fiocruz, que não alteram o plano de imunização do restante da população. Os imunizantes vão contar com um carimbo especificando a destinação a portuários e trabalhadores do setor de aviação civil. De acordo com

"Optamos por antecipar a vacinação desses trabalhadores para contribuir o mais rápido possível com a queda da demanda hospitalar para tirar o país dessa pandemia", avaliou o secretário-executivo do Ministério da Saúde.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar