PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Maceió é a primeira capital brasileira a imunizar todo o grupo prioritário contra Covid-19

Com a finalização desta etapa, a expectativa é iniciar nesta quinta-feira, 20, a imunização de pessoas com 59 anos que não possuem comorbidades

Mirla Nobre
23:48 | 19/05/2021
Após concluir vacinação do grupo prioritário, Maceió deve iniciar vacinação em massa a partir de pessoas com 59 anos e sem comorbidades (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Após concluir vacinação do grupo prioritário, Maceió deve iniciar vacinação em massa a partir de pessoas com 59 anos e sem comorbidades (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

A cidade de Maceió, em Alagoas (AL), deve concluir nesta quarta-feira, 19, a vacinação de todo o grupo prioritário contra a Covid-19, definido pelo do Ministério da Saúde (MS), sendo a primeira capital brasileira a atingir o objetivo de imunização. De acordo com a prefeitura da cidade, o município alagoano concluirá a aplicação de ao menos uma dose da vacina contra o coronavírus em todas as pessoas que fazem parte dos grupos prioritários previstos no Plano Nacional de Imunização (PNI).

Maceió está na 3ª fase da vacinação, e a meta de imunização deve ser realizada após a vacinação nos trabalhadores da indústria e da construção civil com 18 anos ou mais, ainda hoje. Com a finalização desta etapa, a expectativa é iniciar já amanhã, a imunização de pessoas com 59 anos que não possuem comorbidades. À medida que os imunizantes vão sendo aplicados, a idade liberada para a imunização será decrescida.

LEIA TAMBÉM | Em quatro meses, 11,23% dos cearenses foram vacinados contra Covid-19 com as duas doses

Ao todo, Maceió imunizou todos os grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde. São eles: trabalhadores da saúde e educação, portadores de comorbidades, pessoas com deficiência permanente, funcionários do Sistema de Privação e Liberdade, população privada de liberdade, gestantes e puérperas com comorbidades, forças de segurança e forças armadas, trabalhadores do transporte coletivo rodoviário, metroviário e ferroviário, aéreo, caminhoneiros, portuários, trabalhadores industriais e trabalhadores da limpeza e indústria.

LEIA TAMBÉM | Covid-19: governo espera antecipar entrega de vacinas já contratadas

Dados do Vacinômetro da capital informam que, ontem, 311,594 vacinas contra a Covid-19 foram aplicadas na capital, sendo, onde 213,850 pessoas receberam a primeira dose e 97,744 completaram o esquema de imunização. Nas redes sociais, o prefeito de Maceió, João Henrique Caldas, o “JHC”, (PSB-AL) destacou, nessa terça-feira, 18, a meta a ser atingida pela capital alagoana e a expectativa em anunciar o calendário de vacinação em massa.