PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

COVID-19: Brasil poderá ter cem mil mortes em abril, diz estudo

Pesquisadores da Universidade de Washington, localizada nos Estados Unidos, indicam que o Brasil pode chegar a 4 mil mortes por dia até 24 de abril. Em julho, o País deverá atingir a marca de mais de 560 mil óbitos pela pandemia

Luiza Ester
16:08 | 04/04/2021
Sepultamento no cemitério Bom Jardim, localizado em Fortaleza, no Ceará, em março de 2021 (Foto: FABIO LIMA)
Sepultamento no cemitério Bom Jardim, localizado em Fortaleza, no Ceará, em março de 2021 (Foto: FABIO LIMA)

Um estudo do Instituto de Métricas e Avaliação de Saúde da Universidade de Washington aponta que o Brasil registrará cerca de cem mil mortes pela Covid-19, apenas no mês de abril. A projeção considera o ritmo de transmissão da doença no atual cenário do País.

Caso siga esse mesmo quadro de evolução da pandemia, o Brasil atingirá a marca de 4 mil mortes por dia até 24 de abril. De acordo com os pesquisadores, serão registradas mais de 560 mil mortes acumuladas até 1º de julho.

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >Há três cenários projetados pela pesquisa. Na melhor circunstância, com adoção de medidas mais rígidas para o enfrentamento da doença, o estudo indica mais de 415 mil mortos em 5 de maio. A conjuntura vigente deve registrar mais de 434 mil mortos e, no pior cenário, mais de 436 mortes acumuladas até a mesma data.

A projeção é realizada por meio de quatro fatores, que são a taxa de isolamento social, a disseminação das novas variantes, o planejamento da campanha de vacinação e a concordância com o uso de máscaras.

Para os pesquisadores, uma das medidas de controle da disseminação do coronavírus é a distribuição em massa de máscaras, chegando a cerca de 90% da população brasileira.

Neste sábado, 3, o País contabilizou mais de 330 mil mortos pela doença desde o início de 2020, quando a pandemia chegou ao território nacional. As informações são do consórcio de veículos da imprensa.