Participamos do

Municípios sem lockdown continuam com toque de recolher e outras medidas restritivas

No decreto anterior, que passou a valer no sábado, 27, há ampliação do toque de recolher e redução do horário de funcionamento de estabelecimentos não essenciais
14:24 | Mar. 04, 2021
Autor Júlia Duarte
Foto do autor
Júlia Duarte Estagiária
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O aumento de casos e mortes por Covid-19 em decorrência da segunda onda da doença tem motivado medidas mais rígidas para as próximas semanas. Decreto estadual publicado nesta quinta-feira, 4, estabelece lockdown para Fortaleza. Outros municípios já tinham anunciado a adoção de medidas de isolamento mais rígidas: Pentecoste, Palhano, Meruoca e Santa Quitéria. Para os demais municípios, as medidas já anunciadas no decreto anterior, como toque de recolher, continuam valendo.

Para estas cidades, valerá o que passou a valer no sábado, 27, onde fica posto que o comércio de rua pode funcionar de segunda a sexta-feira até as 17 horas. As outras atividades econômicas, como shopping centers e restaurantes, além das religiosas, estarão ativas até as 19 horas, também de segunda a sexta-feira. No sábado e domingo, atividades econômicas, com exceção de estabelecimentos de alimentação fora de casa e religiosas, vão novamente até as 17h.

LEIA MAIS: Veja onde há lockdown no Ceará além de Fortaleza

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Apenas alguns setores poderão permanecer abertos após esse horário, entre eles estão farmácias, indústria, supermercados, postos de combustíveis e funerárias. 

O toque de recolher foi ampliado e se estende entre 20h e 5 horas, de segunda a sexta-feira; e entre 19h e 5 horas aos sábados e domingos, com saídas permitidas somente em situação de necessidade comprovada. Espaços públicos continuam com circulação restrita todos os dias a partir das 17 horas.

A medida de segurança foi adotada por outros estados brasileiros, como a Bahia e São Paulo, pelo aumento no número de casos confirmados de Covid-19. O objetivo é evitar a circulação de pessoas fora do horário permitido e ajudar a combater a disseminação da doença.

Restaurantes de hotéis, pousadas e opções parecidas poderão funcionar, em horário mais estendido, desde que exclusivamente para o atendimento de hóspedes, identificados física e individualmente, cabendo aos hotéis a responsabilidade pelo controle. O funcionamento pode ser de segunda a sexta-feira, das 18h às 22 horas, bem como aos sábados e domingos, das 15h às 22 horas.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags