PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Idosos acima de 75 anos devem receber vacinas da AstraZeneca no Ceará

Quantidade atual de doses ainda não é suficiente para imunizar toda a população cearense com 75 anos ou mais. Todos os lotes do imunizante, produzido no Brasil pela FioCruz, já foram distribuídos pela Sesa

23:09 | 26/01/2021
Os municípios foram orientados a priorizar os idosos acamados e, depois, seguir uma ordem decrescente de idade (Foto: Aurelio Alves)
Os municípios foram orientados a priorizar os idosos acamados e, depois, seguir uma ordem decrescente de idade (Foto: Aurelio Alves)

A vacinação dos idosos a partir de 75 anos no Ceará começará nesta quarta-feira, 27, e este grupo deverá receber prioritariamente as vacinas desenvolvidas pela Oxford/AstraZeneca, segundo orientação da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa). Todos os lotes do imunizante, produzido no Brasil pela FioCruz, já foram distribuídos pela secretaria.

LEIA MAIS | 100 idosos serão vacinados em primeiro dia de vacinação domiciliar

Porém, a quantidade atual de doses ainda não é suficiente para imunizar toda a população cearense com 75 anos ou mais. Pensando nisso, uma estratégia de distribuição e de uso das doses nesse público específico foi elaborada pelo Comitê Técnico Estadual para Acompanhamento da Vacinação contra a Covid-19 e pela Comissão Intergestores Bipartite (CIB).

Os municípios, que são os responsáveis pela aplicação das vacinas, foram orientados a priorizar os idosos acamados e, depois, seguir uma ordem decrescente de idade:

Veja a ordem de prioridades:

1º. Idosos a partir de 75 anos acamados;
2º. Idosos a partir de 90 anos;
3º. Idosos a partir de 85 anos;
4º. Idosos a partir de 80 anos;
5º. Idosos a partir de 75 anos.

Segundo a Sesa, cada município deve elaborar e divulgar seu próprio esquema de vacinação, detalhando locais, agendamentos e horários das aplicações.