PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

País tem 1.096 mortes por Covid-19 em 24h, total chega a 215.243, diz ministério

Por região, o Sudeste é o que tem maior número de casos, 3.136.213, e de mortes pelo novo coronavírus, 99.427. Em seguida, o Nordeste aparece com 2.086.847 registros da doença e 50.438 óbitos

19:43 | 22/01/2021
Neste domingo, 6, foram registrados 313 novas mortes por Covid-19 em todo o Brasil, com relação a sábado, foram 26.363 novos casos de infecção pelo coronavírus (Foto: Roque de Sá/Agência Senado)
Neste domingo, 6, foram registrados 313 novas mortes por Covid-19 em todo o Brasil, com relação a sábado, foram 26.363 novos casos de infecção pelo coronavírus (Foto: Roque de Sá/Agência Senado)

O Brasil registrou 1.096 novas mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, segundo dados atualizados pelo Ministério da Saúde nesta sexta-feira, 22. Com isso, chega a 215.243 o número total de óbitos no País pela doença. No mesmo intervalo, foram contabilizados 56.552 novos casos da Covid, elevando o total de registros da doença no Brasil para 8.753.920.

LEIA MAIS | Ceará passa de 360 mil casos confirmados de Covid-19 e tem 10.311 mortes pela doença

Regiões

Por região, o Sudeste é o que tem maior número de casos, 3.136.213, e de mortes pelo novo coronavírus, 99.427. Em seguida, o Nordeste aparece com 2.086.847 registros da doença e 50.438 óbitos. O Sul do País tem 1.597.557 casos e 25.594 mortes. E, nesta sexta, segundo dados do Ministério da Saúde, o Norte do Brasil, região onde está localizado o Estado do Amazonas, ultrapassou o Centro-Oeste em número de casos e mortes. Já são 967.921 registros e 20.469 óbitos. O Centro-Oeste contabiliza 965.382 casos e 19.315 mortes.

LEIA MAIS | Butantan inicia distribuição de 2º lote de vacinas após aval da Anvisa

Amazonas

O Estado do Amazonas, que vive uma crise no sistema de saúde em razão do aumento dos casos e mortes pela Covid-19, registrou nas últimas 24 horas 132 mortes e 3.975 novos casos da doença. Ao todo, o Estado contabiliza 245.157 registros da covid e 6.889 mortes.