PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Pesquisa aponta que enxaguantes bucais podem matar coronavírus em 30 segundos

Cientistas da Universidade de Cardiff, no Reino Unido, dizem que a utilização do enxaguante bucal deve se tornar parte da rotina diária no combate à Covid-19

21:32 | 18/11/2020
Pesquisa aponta que vírus pode ser eliminado com o produto (Foto: Arquivo)
Pesquisa aponta que vírus pode ser eliminado com o produto (Foto: Arquivo)

 Com testes realizados em laboratório, um estudo de cientistas da Universidade de Cardiff, no Reino Unido, revelou que enxaguantes bucais podem matar o coronavírus em 30 segundos.

De acordo com a BBC, a pesquisa direciona que a utilização de enxaguante bucal pode matar o vírus na saliva. Assim, essa solução não pode ser utilizada como tratamento da doença, já que o produto não alcança o trato respiratório ou os pulmões, mas deve servir para auxiliar no combate à Covid-19.

Segundo a análise, os enxaguantes contém pelo menos 0,07% de CPC (Cloreto de cetilpiridínio), o que é eficaz na redução da carga viral. Um ensaio clínico será realizado com pacientes infectados pelo coronavírus no hospital de Cardiff. Os resultados devem sair apenas no próximo ano.

Para o especialista em periodontologia Nick Claydon, o estudo pode conscientizar as pessoas, fazendo com que os enxaguantes bucais se tornem complemento importante à rotina diária.

Apesar do estudo, os cientistas ressaltaram a necessidade de seguir as orientações oficiais da OMS para prevenir a propagação do vírus.