PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Jornalista cearense e outros 3 apresentadores da CNN testaram positivo para Covid-19 em 24 horas

Além de Monalisa Perrone, Leandro Karnal e Gabriela Prioli, a jornalista cearense Taís Lopes também teve diagnóstico positivo para infecção do novo coronavírus

Alan Magno
20:31 | 14/10/2020
Apresentadora cearense, Taís Lopes, que trabalhava como âncora na CNN Brasil desde novembro de 2019 anunciou estar com Covid-19 nesta quarta-feira, 14 de outubro  (Foto: Divulgação/CNN Brasil)
Apresentadora cearense, Taís Lopes, que trabalhava como âncora na CNN Brasil desde novembro de 2019 anunciou estar com Covid-19 nesta quarta-feira, 14 de outubro (Foto: Divulgação/CNN Brasil)

A emissora CNN Brasil teve mais quatro baixas temporárias no quadro de seus funcionários por conta da pandemia de Covid-19. Entre esta terça-feira e quarta-feira, 13 e 14 de outubro, quatro integrantes do grupo principal de apresentadores e comentaristas apresentaram diagnóstico positivo para infecção pelo novo coronavírus.

Além de Monalisa Perrone, Leandro Karnal e Gabriela Prioli, a jornalista cearense Taís Lopes também teve diagnóstico positivo para infecção do novo coronavírus. Todos os quatro foram afastados assim que obtiveram confirmação da nova doença, segundo a emissora.

A cearense Taís Lopes, foi a quarta integrante da equipe da CNN a apresentar resultado positivo. Ela confirmou a informação por meio das redes sociais, nesta quarta-feira, 14. O anúncio pegou a emissora de surpresa que, no dia 13, chegou a divulgar uma nota pública pontuando que não houve registros de outros casos após Gabriela, Leandro e Monalisa.

Em seu perfil no Instagram, Taís contou que começou a sentir sintomas ainda no fim de semana, mas que acreditou ser em decorrência da recente mudança de clima em São Paulo, porém, na terça, 13, perdeu o paladar e o olfato e decidiu realizar o teste. “É o tipo de notícia que a gente nunca quer dar. Mas estou bem”, declarou diante do resultado positivo para Covid-19.

A jornalista pontuou que ficará isolada dos amigos e da família, mas que está sendo acompanhada por um médico, mas que não apresentava cansaço ou falta de ar e acrescentou que apresentava um bom nível de oxigenação sanguínea. Apesar de relatar dificuldade para se alimentar, ela agradeceu a Deus pelos sintomas leves.

“Tantas pessoas passaram ou estão passando situações piores do que a minha. Por isso, a palavra é gratidão!”, afirmou. Taís encerrou o anúncio reforçando sua solidariedade às pessoas que perderam entes queridos para a Covid-19 e agradeceu as mensagens de carinho e apoio que está recebendo.

Os primeiros a testarem positivo para a Covid-19 foram a apresentadora e advogada Gabriela Prioli. Por meio de uma série de publicações nos stories (meio de postagem com duração de 24 horas do Instagram), ela contou que realizou o teste como parte das exigências para realização de um trabalho e que foi surpreendida pelo resultado positivo.

“É como se estivesse com uma alergia, nada demais, uma alergia leve inclusive, muito mais leve do que outras que já tive, graças a Deus”, declarou Gabriela na última terça-feira, 13, pontuando que estava “super bem” e que iria seguir as orientações médicas e respeitar o isolamento.

Ainda na terça, Monalisa e Leandro Karnal também confirmaram que estavam com a doença. O historiador pontuou por meio de uma publicação em um perfil nas redes sociais que apresentou sintomas logo após retornar de uma viajem de trabalho em Pernambuco. Ele relatou ter apresentado um incômodo na garganta, como uma “irritação”, mas que dois dias depois perdeu o paladar e o olfato.

Diante do teste positivo, Leandro afirmou estar bem e que ao que tudo indica, apresenta um quadro leve, sem chances de complicação. Na mesma postagem ele pediu uma reflexão sobre pessoas que foram atingidas com maior intensidade pelo vírus e pediu que seus seguidores colaborassem com doações para entidades que buscam auxiliar tais pessoas.

Monalisa Perrone foi a única que não usou as redes sociais para se manifestar sobre o caso, ou para falar de seu estado de saúde. A emissora anunciou que a jornalista seria afastada após ter apresentado resultado positivo para Covid-19 e que seria substituída por Carol Nogueira no Expresso CNN.